+55 (11) 2139-2888 [email protected] Voltar para a página inicial
ACESSAR LOJA
+55 (11) 2139-2888 [email protected]
×

Agricultura na Preservação Ambiental: Um guia completo

Modificado em: maio 31, 2023

O desenvolvimento sustentável se tornou uma necessidade para todos os segmentos da economia, inclusive, para as atividades no agronegócio. Diante disso, a agricultura e preservação ambiental são imprescindíveis para a produção consciente e em equilíbrio com a biodiversidade.

Considerado um setor expressivo, a agricultura tem um papel substancial para a preservação ambiental em biomas de todo o país — é possível ter produtividade sem explorar áreas nativas, com a ocupação inteligente do solo e conservação dos recursos naturais.

mas afinal, como a agricultura pode andar junto com a sustentabilidade? Entender essa relação é primordial para todo agricultor. Pensando nisso, confira neste post informações completas sobre a agricultura e preservação ambiental, sua importância e melhores práticas! Boa leitura!

Qual a importância da preservação ambiental

O aquecimento global e risco de escassez dos recursos naturais são problemas sérios e que colocam toda a humanidade em risco. É um assunto que exige atenção especial e medidas imediatas para evitar cenários ainda mais devastadores, que vão comprometer futuras gerações.

Por outro lado, a necessidade de desenvolver atividades econômicas e promover o sustento e evolução da humanidade também é um fator indispensável. Afinal, o avanço tecnológico e das atividades profissionais são essenciais para melhorar a qualidade de vida de todos.  

Sendo assim, o conceito de desenvolvimento sustentável se tornou a melhor alternativa para o crescimento — ou seja, garante a evolução das atividades econômicas sem comprometer o meio ambiente e os recursos naturais, preservando futuras gerações.

Em outras palavras, a preservação ambiental é um fator imprescindível para reduzir os impactos ao meio ambiente, que levam a sérias consequências. Sobretudo, que comprometem o fornecimento de recursos essenciais para a sobrevivência, como a água, energia e alimentos.

Portanto, preservar o meio ambiente é um ato necessário e urgente, que deve fazer parte da rotina de todas as pessoas, principalmente dos negócios. Assim, é possível continuar o progresso econômico em total equilíbrio ambiental, evitando desastres e melhorando a qualidade de vida humana, vegetal e animal.

Qual a ligação entre agricultura e preservação ambiental

A agricultura é uma atividade econômica que lida diretamente com o meio ambiente para a produção dos produtos, independentemente do porte e especialidade. Sendo assim, a ocupação do solo e uso dos recursos naturais são indispensáveis para manter as operações.

Em vista disso, a agricultura utiliza os recursos naturais de forma intensa e inevitável, para produzir alimentos em quantidade e qualidade e suprir demandas. Por isso, é um setor que depende de boas condições ambientais para atender as necessidades dos consumidores nacionais e internacionais.  

Sobretudo, os recursos ambientais, como o solo nutritivo e água em abundância, são requisitos básicos para a geração de alimentos saudáveis. Além da importância para o atingir boa produtividade e melhorar os resultados, é um fator que contribui para a saúde pública.

Portanto, a contribuição das atividades rurais para a preservação ambiental é uma necessidade, considerada indispensável para a sobrevivência do negócio. Afinal, a degradação do meio representa um risco para o desenvolvimento dos cultivos, independentemente da espécie.

A relação entre a agricultura e a preservação ambiental é intensa não apenas pelo uso direto dos recursos naturais. Mas é o que contribui para a conservação das matas nativas, evitar exploração inadequada, contaminação e escassez de mananciais e nascentes – impactos que vão além dos limites da propriedade e afetam a sociedade.

Como a sustentabilidade ajuda na otimização da agricultura

A agricultura está evoluindo de forma constante, com o surgimento de novas tecnologias e soluções inovadoras – capazes de otimizar a produtividade, melhorar a qualidade, otimizar sistemas de irrigação e outras alternativas que favorecem o uso consciente dos recursos.

Nesse sentido, a sustentabilidade aplicada na agricultura consiste no conjunto de tarefas, tecnologias e métodos para aperfeiçoar as operações. Com isso, os impactos sobre o meio ambiente e uso dos recursos naturais são reduzidos e até mesmo, eliminados.

Algumas vertentes da sustentabilidade contribuem, inclusive, para a reduzir gastos e evita extração de recursos naturais, por exemplo:

  • utilização de energias renováveis, com painéis solares;
  • aquecimento solar da água para uso humano e profissional;
  • uso de biodigestores;
  • processos de reutilização de água;
  • captação da água das chuvas.

Todas as inovações e processos desenvolvidos para a sustentabilidade no meio agrícola, são pensadas para oferecer vantagens mútuas. Sendo assim, além das questões ambientais, ajudam a melhorar a qualidade, desempenho e a prover a eliminação de gastos desnecessários.

Por esse motivo, investir em estratégias sustentáveis para a propriedade agrícola é indispensável para otimizar os serviços, os resultados e as receitas. Inclusive, proporciona benefícios para atrair mais clientes e melhorar o relacionamento, já que a sustentabilidade é um assunto amplamente discutido e admirado.  

Como implementar a preservação ambiental na agricultura

O planejamento é um tipo de atividade indispensável para diversos aspectos da vida pessoal e profissional. Na agricultura não é diferente, pois ter ações bem pensadas e estruturadas é o segredo para prever riscos, evitá-los e garantir a excelência em todos os quesitos.

Quando o assunto são as práticas para a preservação ambiental, o agricultor deve ter ainda mais cuidado e pensar de forma abrangente. Ações isoladas e não ter uma visão inovadora são fatores que devem ser evitados, pois não contribuem para a qualidade e sustentabilidade.

Em outras palavras, para adotar a sustentabilidade para o desenvolvimento agrícola é preciso definir um planejamento específico. Considerando todos os aspectos da propriedade, espécies cultivadas, objetivos e características regionais, além dos requisitos legais.

Veja a seguir, as principais estratégias da agricultura e preservação ambiental para adotar a sustentabilidade no seu negócio!

Atendimento às regulamentações legais

O primeiro passo para a preservação ambiental é a regularização do negócio junto às leis ambientais vigentes. É necessário que as leis sobre o uso da água, do solo, uso e ocupação do solo sejam devidamente identificadas e atendidas, seja em âmbito municipal, estadual e federal.

Alguns dos pontos primordiais que devem ser observados são:

  • Cadastro Ambiental Rural;
  • Lei sobre Unidades de Conservação;
  • Licenciamento ambiental;
  • Código Florestal;
  • Determinações do Conselho Nacional de Desenvolvimento Rural Sustentável;
  • Leis sobre o uso e extração de recursos hídricos.

Sendo assim, os requisitos legais são fundamentais para direcionar as ações para a preservação ambiental e evitar irregularidades. Assim, você saberá exatamente o que deve fazer para executar atividades dentro das leis e eliminar possibilidades de ser penalizado.

Cabe ressaltar, que trabalhar em conformidade com as leis ambientais é a base para a preservação ambiental na agricultura. Portanto, conte com apoio profissional especializado para garantir que o seu negócio trabalhe da forma correta, livre de transtornos.

Descarte correto de resíduos

A gestão de resíduos sólidos no setor agrícola é crucial para as ações de preservação ambiental — pois o descarte inadequado, causa a contaminação do solo, do ar, e dos mananciais, levando poluentes para outras propriedades e para as regiões habitacionais.

Dessa forma, separar todos os resíduos e destiná-los corretamente é uma prática essencial para manter a propriedade preservada. Para isso, é preciso avaliar cada tipo de resíduo individualmente e fazer alguns questionamentos que vão ajudar a direcionar da melhor forma, por exemplo:

  • é possível reaproveitar?
  • é um resíduo tóxico?
  • há possibilidades de reciclagem?

Ao entender esses fatores você vai saber a melhor forma de destinação, sempre priorizando a reciclagem e o reaproveitamento. No caso da agricultura, os resíduos orgânicos têm grande possibilidade de reaproveitamento e podem ser extremamente úteis na própria fazenda.

Para isso, os biodigestores são excelentes alternativas, pois aceleram o processo de decomposição da matéria orgânica para produção de biogás e biofertilizantes. Uma possibilidade importante para a agricultura e preservação ambiental, oferecendo ótimos resultados.

Menor utilização de agrotóxicos

O uso excessivo de agrotóxicos na produção agrícola sempre foi um assunto amplamente debatido, pelos malefícios que causam. Além de provocar danos à saúde dos consumidores, também provocam a contaminação do solo e dos cursos d’água.

Sendo assim, identificar possibilidades para uma produção mais natural e com menor uso de agrotóxicos é uma forma eficiente para a preservação ambiental. Além de evitar impactos ambientais, proporcionam resultados que vão impactar diretamente nos resultados.

Além disso, os consumidores estão mais conscientes e priorizam negócios que atuam de forma sustentável e que evitam o uso de agrotóxicos. Por esse motivo, investir em meios menos agressivos para afastar pragas e melhorar o desempenho do alimento é indispensável.

Reaproveitamento de recursos naturais

Outra estratégia muito importante para agricultura e preservação ambiental é o reaproveitamento de recursos naturais. Além de evitar a extração na natureza, contribui para reduzir os custos operacionais, ou seja, é uma grande oportunidade comercial.

Dessa forma, o reaproveitamento pode acontecer em diversos sentidos, desde a geração limpa de energia elétrica, até os sistemas de reuso de água. Em todo caso, existem possibilidades para investir de forma abrangente e ter uma produção sustentável, de qualidade e econômica.

Nesse contexto, atualmente é possível encontrar sistemas de coleta da água da chuva, que pode ser utilizada posteriormente para irrigação e outros serviços. Com um tratamento simples, a água adquire propriedades para uso em diversas tarefas, reduzindo o uso de outras fontes.

Além disso, a geração de biogás e aquecimento solar também são boas possibilidades para adotar o uso consciente dos recursos naturais. Assim, você contribui diretamente para a preservação ambiental na sua propriedade, o que oferece benefícios importantes para toda a sociedade.

Utilize um biodigestor

Como falamos anteriormente, o biodigestor é um equipamento moderno, acessível e que oferece possibilidades incríveis para a preservação ambiental. Consiste em um sistema que acelera a decomposição da matéria orgânica, e como isso, gera o biogás e o biofertilizante.

O sistema é leve e existe em diferentes dimensões, feito com materiais resistentes e que proporcionam toda segurança e eficiência. Dessa forma, você não terá grandes custos ou trabalho para utilização e vai contar com recursos essenciais para melhorar ainda mais a qualidade do solo.

Portanto, são diversos cases de sucesso com biodigestor que demonstram a importância dessa modernidade para a preservação ambiental. Sobretudo, como retorno para a propriedade, que vai favorecer a redução dos custos e melhoria em diversos aspectos.

Reaproveitamento da água

O uso da água na agricultura é expressivo e não se limita apenas aos sistemas de irrigação das plantações. Outras atividades do setor exigem grande quantidade de água para manter a produtividade e fazer o negócio funcionar, principalmente em períodos de seca.

Em vista disso, muitas propriedades contam com sistema de abastecimento próprio, por meio de cisternas e poços artesianos. Por outro lado, algumas regiões utilizam o abastecimento das concessionárias locais pagando pelo tratamento e fornecimento.

No entanto, uma alternativa que vem ganhando espaço na agricultura é o reaproveitamento de água. Seja na captação da chuva ou de sistemas para tratar efluentes e gerar água para uso em fins não nobres, como a lavagem de equipamentos, por exemplo.

Trata-se de uma excelente prática para a preservação ambiental e proporciona benefícios importantes para as atividades — como a possibilidade de ter um bom sistema de armazenamento e contar com água em boas condições de uso durante todo o ano.

Rotação de culturas

A rotação de culturas e agricultura de precisão são técnicas importantes para preservar as características nutritivas do solo e evitar a degradação. Consiste em alternar as espécies plantadas no terreno para evitar a escassez dos nutrientes e compostos orgânicos, que deixam o terreno pouco fértil.

Além disso, a rotação de culturas também contribui para reduzir significativamente a proliferação de pragas e ervas daninhas no terreno. Assim, os produtores podem reduzir a utilização de fertilizantes e agrotóxicos, preservando o solo fértil e saudável.

Sendo assim, adotar a estratégia de rotação de culturas é uma alternativa para contribuir com a preservação ambiental na agricultura. Além de oferecer vantagens importantes para a produtividade, desempenho e qualidade dos alimentos, que se tornam mais nutritivos e saborosos.

Preservação de áreas verdes

A preservação de áreas verdes nativas dentro da propriedade é uma exigência legal para os produtores da agricultura. Principalmente, se a propriedade estiver próxima a nascentes, cursos d’água, encostas e outras áreas consideradas de interesse ambiental.

É preciso manter um espaço conservado e natural no terreno, evitando direcionar todos os terrenos para as plantações e usos profissionais. Mantendo o terreno com uma boa área preservada, com a presença de todas as espécies vegetais e animais nativas do bioma regional.

Portanto, manter e cuidar das áreas verdes é um fator importante e que não deve ser negligenciado para a preservação ambiental. Sobretudo, vai garantir a regularidade legal, melhorar o clima na sua região e manter o solo úmido e fértil por mais tempo.

Quais os benefícios da sustentabilidade na agricultura

A sustentabilidade é um aspecto relevante e que proporciona benefícios inquestionáveis para todo tipo de vida no planeta. Inclusive, são boas ações que favorecem as questões ambientais e também contribuem para otimizar a qualidade das atividades profissionais.

Nesse sentido, a sustentabilidade contribui para a qualidade de vida e promoção da saúde, evitando comprometer recursos ambientais — em quantidade e qualidade suficiente para as futuras gerações suprirem suas necessidades com excelência, em plenas condições de viver e se desenvolver.

Sendo assim, práticas sustentáveis, como você viu anteriormente, oferecem diversos benefícios para um negócio na agricultura. Saiba quais são eles nos próximos tópicos!

Ganho de produtividade

A sustentabilidade se tornou um tema de destaque nas mídias sociais, continuamente tratado por órgãos públicos e consumidores. É um cenário que demonstra a importância e necessidade de oferecer soluções feitas com base em processos mais conscientes e autossuficientes.

Sendo assim, quando um negócio adota a sustentabilidade nos seus processos de forma intensa e efetiva, tem um grande diferencial no mercado, sobretudo, as possibilidades para atrair clientes é muito maior, elevando a presença de mercado e a competitividade.

Preservação da fauna e flora

O objetivo da sustentabilidade é o desenvolvimento das atividades profissionais, em quantidade e qualidade, sem causar impactos ao meio ambiente. Em outras palavras, consiste no trabalho inteligente e inovador, que atua em equilíbrio com a fauna e a flora.

Dessa forma, o resultado é a preservação ambiental na agricultura de uma maneira real, precisa e com resultados notáveis. Fator imprescindível para a qualidade da produção, bem-estar de todos os que convivem na propriedade e um ganho expressivo em qualidade.

Preserva os recursos naturais

A falta de água ou de um solo fértil são fatores temidos por qualquer agricultor, pois sempre representam a perda de produtos e prejuízos financeiros. Por isso, as ações para a sustentabilidade são a melhor alternativa para evitar cenários críticos para a produção.

Nesse sentido, o desenvolvimento sustentável na agricultura é essencial e oferece o benefício de ter os recursos naturais sempre preservados — em qualidade e quantidade suficiente para o uso das atividades profissionais e também no consumo humano.

Agrega valor ao negócio

Ter um negócio sustentável é sinônimo de uma gestão consciente e que não se preocupa apenas em produzir, mas em preservar a qualidade de vida socioambiental. Trata-se de um fator extremamente valorizado nos dias de hoje e pode interferir diretamente no desempenho.

Diante disso, a sustentabilidade é um fator que contribui para gerar valor ao negócio e garantir diferenciais para se destacar em um mercado competitivo. Os produtos serão reconhecidos como mais saudáveis e produzidos em processos naturais e sem prejudicar o meio ambiente.

Melhora a imagem junto à sociedade e órgãos públicos

Os hábitos de consumo evoluíram muito ao longo dos anos e atualmente, os clientes preferem alimentos saudáveis, livres de toxinas e mais sustentáveis. Isso significa, que o consumidor está mais exigente e avalia aspectos como a saúde e sustentabilidade para escolher os produtos.

Quando uma marca é sustentável e divulga suas ações para o público, transmite uma imagem positiva e contribui para gerar confiabilidade. O que é extremamente relevante para o crescimento do negócio e aumento das receitas, além de manter um bom relacionamento com os órgãos públicos.

Evita penalidades impostas pelos órgãos ambientais

A falta de regularidade e crimes ambientais cometidos na agricultura são passíveis de multas significativas e até embargo dos trabalhos. Ainda mais, que o agronegócio é constantemente fiscalizado pelas autoridades, justamente pela relação intensa com o meio ambiente.

Contudo, adotar boas práticas para a sustentabilidade é muito importante para a conformidade legal e evitar possíveis transtornos com os órgãos ambientais. Que também afetam negativamente a imagem no mercado e a lucratividade, devido a possibilidade de queda nas vendas.

Aumento das vendas

Ao implementar medidas sustentáveis na agricultura, o negócio terá uma melhoria significativa da imagem no mercado. Principalmente, se investir em boas estratégias de marketing e divulgar ao público todas as boas ações executadas em prol do meio ambiente.

Com o destaque para a sustentabilidade e a qualidade do produto, as oportunidades para fechar novos negócios serão maiores. O resultado é o aumento das vendas a curto e médio prazo, ganhando reconhecimento e melhorando os seus ganhos.

As soluções da Sansuy para a sustentabilidade na agricultura

Um dos principais fatores para adotar a preservação ambiental na agricultura é contar com materiais e produtos de qualidade — que sejam desenvolvidos em processos modernos, específicos para atividades agrícolas e que contribuem para evitar desperdícios.

Para isso, a Sansuy oferece uma linha completa de produtos desenvolvidos com alta tecnologia, específicos para a agricultura. Com foco na qualidade e resistência, é a melhor opção para melhorar suas atividades, contribuir para a preservação ambiental e otimizar seus resultados.

Na Sansuy, você vai encontrar os seguintes itens para elevar o potencial no seu negócio:

  • Abrigo rural: abrigo de lona PVC resistente ao tempo e ideal para proteger pessoas, máquinas e produtos;
  • Biodigestor compacto: ideal para tratamento de menor volume de dejetos, indicado para propriedades menores;
  • Biodigestor Plus: Atende a toda propriedade rural, independentemente do tamanho, são inúmeros formatos, modelos e medidas, transformando os dejetos em energia limpa;
  • Vinibiodigestor: indicado para a preservação ambiental, transforma matérias orgânicas em energia e biofertilizantes;
  • Vinimanta; geomembrana de PVC para a impermeabilização de solos e taludes, evitando impactos ambientais causados pela erosão;
  • Vinitouca: lona de PVC para proteger fardos de algodão;
  • Vinitubo: tubo de irrigação de alta resistência e favorece o uso consciente da água.
  • Cisterna agroindustrial: ideal para armazenamento da água de chuva;
  • Reservatório de água: ideal armazenar e transportar água para áreas com pouca disponibilidade.

Nesse sentido, são diversos produtos para as atividades do agronegócio e além de otimizar a rotina profissional, evitam desperdícios e oferecem alta performance. Por isso, é uma oportunidade importante para ter benefícios imprescindíveis para elevar o desempenho.   

Podemos concluir, que a agricultura e preservação ambiental são imprescindíveis e devem andar juntas para o bem da sociedade e economia. Portanto, investir em boas práticas de sustentabilidade é uma necessidade para todo agricultor que deseja ter sucesso e elevar os resultados.

Gostou de saber tudo sobre a agricultura e preservação ambiental? Agora que você está bem informado sobre esse importante assunto, entre em contato conosco! Veja como podemos ajudar a tornar suas atividades mais sustentáveis, produtivas e eficientes!

Novidades

Cadastre-se na nossa newsletter
e receba notícias em seu e-mail

icon_newsletter

Selecione o assunto do seu interesse

    Banner Tanque Circular

    Materiais Gratuitos