Cadastre-se e receba novidades  
Selecione o assunto de seu interesse:
Enviando sua inscrição  
Loading...
SustentabilidadeSoluções em águaSoluções para o Agronegócio

Saiba como economizar água na agricultura e pecuária no campo

economizar água

Economizar água na agricultura é necessário por dois principais motivos: redução de custos e preservação desse recurso natural e essencial à vida. De acordo com dados do Fundo das Nações Unidas para a Agricultura e Alimentação (FAO), esse é o setor que mais consome água doce no Brasil, o que representa 70% de toda a água disponível no nosso país.

O pior é que metade dessa água é desperdiçada em processos mal planejados e executados. Ao mesmo tempo em que é necessário usar esse recurso com consciência, a água é um pilar na produção de todos os setores e bens.

Então, como economizar água na agricultura e ainda ter bons produtos e processos na indústria? Acompanhe este post e confira algumas dicas!

Faça a captação de água da chuva

Uma das maneiras mais simples, sustentáveis e econômicas de economizar água na agricultura é por meio da captação de água da chuva. Sabemos que não chove o ano todo e que há regiões secas e onde a chuva é escassa. Por isso, o ideal é ter projetos de captação planejados e prontos para aproveitar o período chuvoso.

Em locais abertos e grandes, pode-se utilizar um sistema tipo represa, para que a água seja captada e bombeada até as áreas onde será utilizada. Também é possível conduzir a água até os reservatórios, como as cisternas, por meio de calhas.

A Sansuy possui algumas soluções para captação de água da chuva, além dos tanques suspensos, como o vinitank e vinitank xp, é possível fazer o uso do Água Capta também, é um reservatório que permite com muitas vantagens, o uso destas águas para que se possa lavar pisos, fazer irrigação e outros usos onde não é necessária a água potável. O Água Capta, como o próprio nome diz, faz a captação da água usando telhados e calhas como captadores iniciais e faz a reserva de volumes de água de acordo com a sua necessidade

Nas regiões mais secas se torna ainda mais imprescindível usar esse recurso natural com consciência, assim, as reservas não se esgotam. Essa água pode ser utilizada em diversos processos, como na irrigação e na limpeza.

Utilize água de reúso

A água de reúso não é somente aquela que vem das chuvas. O reúso desse recurso se trata de utilizar os efluentes tratados em diversas atividades, como na irrigação, no uso industrial e, até mesmo, para fins urbanos.

A água tem mecanismos naturais que promovem a circulação, e isso a torna reutilizável por diversas vezes. O mesmo vale para a captação das chuvas. Um exemplo simples de água de reúso para entender melhor é a instalação de um sistema em pias de banheiro, para que a água utilizada para lavar as mãos seja usada para a descarga. Esse tipo de água é chamado de residuária.

Dependendo da fonte em que essa água de reúso foi captada, ela não pode ser utilizada para fins potáveis. No entanto, é possível contar com tecnologias e sistemas que a tratam, para que se torne potável. Essa alternativa permite economizar água, uma vez que quebra-se o ciclo de captação, utilização e descarte, e se adota a reutilização.

Vale ressaltar que, em território brasileiro, todos os sistemas de reúso de água precisam seguir a Resolução 54, do Conselho Nacional de Recursos Hídricos (CNRH).

Evite o consumo de água potável onde não é imprescindível

A agricultura não precisa de água potável para irrigar plantações, nem mesmo para lavar ambientes, máquinas e equipamentos. Ela também não é necessária para lavar currais nem utensílios utilizados na pecuária.

Economizar água potável onde ela não é imprescindível é essencial quando se pensa que há milhares de famílias sem esse bem, enquanto outros gastam descontroladamente.

Mercado offshorePowered by Rock Convert
logística no agronegócioPowered by Rock Convert

Opte por utilizar os sistemas de captação de chuva e o reúso de água em todos os locais que forem possíveis e deixe a água potável somente onde ela é indispensável.

Armazemento de água

É muito importante fazer a reutilização de água e para isso é importante ter um equipamento adequado para isso.

O Viniliq estacionário Sansuy é indicado como reservatório de água com grande benefício para áreas de pouca disponibilidade ou uso emergencial. Como uma caixa d’água flexível e móvel pode ser instalado em pisos planos de indústrias, comércio, órgãos públicos, residências e setores de serviço como jardinagem, paisagismo, proteção ambiental, defesa civil, tanto para abastecimento de água potável como de reuso.

Realize a rotação de culturas

Sabia que a rotação de culturas também auxilia a economizar água na agricultura? Essa é uma prática que torna o solo estável (por protegê-lo de agentes climáticos), diversifica o solo, aumenta a produtividade do negócio e ainda favorece a absorção de nutrientes, melhorando a qualidade dos seus produtos.

Com isso, o seu solo se torna mais forte e resistente a mudanças de estações, pragas e insetos, e ainda aumenta a capacidade de infiltração da água. Assim, haverá mais autonomia no solo, evitando que seja preciso gastar mais água do realmente é necessário na tentativa de tornar o solo utilizável.

Instale hidrômetros

Muitas vezes, empresas do setor da pecuária e da agricultura utilizam cisternas ou outros reservatórios de água que não têm sistema de medição. A instalação de hidrômetros faz com que sejam informados dados diários sobre o consumo de água, para que você possa controlar essa quantidade e consiga identificar se as estratégias de economia estão funcionando.

Os hidrômetros também serão importantes para que sejam avaliados os meses, estações ou períodos do ano em que mais se consome. Assim, é possível planejar todo a cultura e safras para conseguir reduzir a utilização de água.

Substitua a irrigação por gotejamento

Essa é uma técnica que utiliza o gotejamento em vez da irrigação. Dessa forma, evita-se o fluxo constante de água, evaporação e a percolação — quando a água se movimenta em sentido descendente no interior do solo.

Quando é feita a substituição da irrigação pelo sistema de gotejamento, é possível economizar até 70% de água, além do ganho de precisão. A maneira mais comum de realizar esse processo é por meio da utilização de tubos de irrigação com furos, que podem ser adaptados em diâmetros maiores ou menores, dependendo das necessidades.

Tenha cuidado com a erosão

A erosão faz com que as plantas não consigam aproveitar e absorver corretamente a água da irrigação —fazendo com que seja necessário molhá-las mais vezes do que o normal e aumentando o consumo de água.

Esse é um problema que pode ser evitado por meio de técnicas, como a utilização de degraus e terraços em encostas, além da rotação de culturas para proteger e fortalecer o solo. Vale lembrar que essas medidas não só reduzem a utilização desnecessária de água, como também evitam prejuízos com perdas.

Para economizar água na agricultura, além de adotar práticas como as citadas, é necessário implementar uma cultura de conscientização em todos os setores da produção. Isso deve ser feito desde a liderança até os colaboradores. Afinal, de nada adiantará planejar e executar projetos se a economia e a sustentabilidade não são políticas da empresa.

Tão importante quanto economizar água é diminuir o consumo de energia elétrica. Aproveite para conferir o nosso post com 5 formas de usar e gerar energia limpa no campo.

ebook-pisciculturaPowered by Rock Convert
ebook-hidroponiaPowered by Rock Convert