+55 (11) 2139-2888 [email protected] Voltar para a página inicial
ACESSAR LOJA
+55 (11) 2139-2888 [email protected]
×

Biodigestor: como funciona e quais são seus benefícios

Modificado em: junho 13, 2024

Você já ouviu falar em biodigestor? São compartimentos que realizam a decomposição de matérias orgânicas, como resíduos de produção vegetal, animal, industrial e humana, e, em decorrência disso, geram biogás e biofertilizantes. Para isso acontecer, existe a chamada digestão anaeróbica que, por sua vez, é realizada por bactérias.

Por existirem diferentes tipos de biodigestores e eles apresentarem diversos benefícios, muitas pessoas ainda têm dúvidas de como utilizá-los e como podem fazer para otimizar a gestão de resíduos e gerar energia no campo.

Por isso, criamos este post abordando os principais pontos a respeito da sustentabilidade no campo e o aumento da preocupação com a geração de energias renováveis por meio de biodigestores. Acompanhe!

Saiba mais sobre a preocupação com a geração de energias renováveis

Energia renovável é aquela produzida a partir de fontes que não esgotam ou que podem ser reabastecidas durante a vida de um ser humano. Dentre os exemplos mais comuns estão a energia eólica, a solar e a biomassa. Elas contrastam com fontes não renováveis, como os combustíveis fósseis.

A preocupação com as energias renováveis não vem de hoje. O efeito estufa, que preocupa cada vez mais os especialistas, tem relação com o aumento da temperatura na Terra e, consequentemente, o derretimento das calotas polares, a morte de diferentes espécies de animais, as mudanças climáticas e o aumento de desastres como terremotos e furacões.

Desse modo, utilizar alternativas que evitam ou reduzem o envio de gases poluentes para a atmosfera torna-se algo extremamente positivo.

Nesse contexto, uma forma que vem sendo bastante utilizada pelos produtores rurais é o biodigestor, que aproveita os resíduos orgânicos que seriam despejados no ambiente para convertê-los em biogás e biofertilizantes, poupando não só dinheiro, mas também o meio ambiente dos efeitos colaterais de grandes produções.

Para entender melhor como funciona o biodigestor, continue a leitura.

Entenda o que é biodigestor

O biodigestor acelera o processo de decomposição de matérias orgânicas tendo como principal objetivo reaproveitar esses detritos para produzir biogás e biofertilizante.

Isso é possibilitado por uma câmara fechada que recebe esterco, resto de alimentos e outros tipos de resíduos, além de um pouco de água — e junto com as bactérias que ali habitam, formam o processo anaeróbico.

É importante frisar que esse processo viabiliza a formação de biogás, pois com a câmara fechada, não há circulação de ar. Logo, a mistura dos gases metano e carbono gera o biogás que, por sua vez, pode ser utilizado como fonte de energia renovável.

No entanto, é importante você conhecer os dois tipos de biodigestores para saber qual é a melhor opção para seu caso. Veja!

Biodigestores em batelada

Os biodigestores em batelada funcionam com apenas um abastecimento e, então, é fechado. Isso acontece para evitar a entrada de oxigênio na câmara — dessa forma, eles são abertos somente quando todo o processo anaeróbico estiver finalizado.

Quando abertos novamente, já com digestão finalizada, significa que a matéria já foi totalmente decomposta. Portanto, eles são recomendados quando o consumo de biogás for relativamente baixo.

Biodigestor contínuo

Já o biodigestor contínuo é alimentado de matéria sólida e líquida (50/50), sendo alimentado diariamente. Desse modo, são criados de forma contínua tanto o biogás quanto o biofertilizante. Logo, caso a sua necessidade seja maior, essa é a opção indicada.

Conheça os dois principais tipos de modelo de biodigestores

Os biodigestores têm alguns modelos diferentes. Conheça um pouco sobre eles!

Modelo indiano

Tal modelo é caracterizado por ter uma pressão de operação constante, pois à medida que o volume de gás é produzido, a pressão se mantém. Além disso, para alimentá-lo, a concentração de resíduos sólidos não deve passar de 8%, a fim de evitar entupimentos e facilitar a circulação de tal matéria.

Um ponto positivo é sua fácil construção. Apesar disso, por ter um gasômetro de metal, apresenta custo mais alto do que o próximo modelo da lista.

Modelo chinês

O modelo chinês é formado por uma câmara cilíndrica feita de alvenaria, funcionando com base no princípio da prensa hidráulica. Nessa opção, uma parcela do biogás é enviada para a atmosfera, o que reduz parte da pressão interna.

De forma geral, ambos modelos têm uma atividade parecida. No entanto, alguns experimentos relatam que o indiano pode ser ligeiramente mais eficiente no que se refere à produção de biogás.

Além disso, sua escolha pode ser feita com base no que for mais conveniente para seu caso: um biodigestor que tenha mais ou menos pressão interna.

Veja quais são os principais benefícios de utilizar o biodigestor no campo

Os biodigestores apresentam muitos benefícios em diferentes âmbitos da sociedade. São os principais:

  • tratar matérias orgânicas provenientes da agropecuária ou de propriedades rurais;
  • tratar matérias orgânicas de esgotos, comunidades pequenas e de indústrias (principalmente a de alimentos);
  • ajudar a reduzir a emissão de gás-estufa;
  • ajudar a reduzir a poluição do meio ambiente;
  • fazer a utilização de matérias renováveis;
  • proporcionar mais conforto ao trabalhador rural, já que tem uma fonte de gás barata e prática que poderá ser usada na calefação, iluminação etc.;
  • reduzir o consumo de petróleo;
  • incentivar a reciclagem de dejetos;
  • gerar renda por meio da venda do excedente de biogás e biofertilizante;
  • melhorar a qualidade do solo, aumentando a sua produtividade;
  • economizar recursos, pois diminui a necessidade do uso de energia elétrica e de adubos químicos.

Pensar no meio ambiente é um ato cívico e que deve ser praticado por cada um. A redução da emissão de gases e a preservação do petróleo, nesse contexto, são essenciais para garantirmos um planeta saudável para ser habitado.

Saiba como instalar corretamente um biodigestor

Como você viu, o biodigestor é uma tecnologia relativamente simples, mas que traz diversos benefícios. Porém, para que ele traga os resultados esperados, é preciso que seja instalado da maneira correta.

O ideal é que a instalação seja acompanhada por um responsável técnico e seguindo sempre as orientações do fabricante. A seguir, confira o passo a passo da instalação.

1. Escolha do local

Deve-se escolher um local que seja facilmente acessível para o fornecimento de resíduos orgânicos e para a manutenção do sistema. Ainda, é preciso que o lugar tenha espaço suficiente tanto para a instalação do biodigestor quanto de outros equipamentos necessários, como o sistema de aquecimento e de coleta de biogás.

É importante também escolher um local com boa drenagem e sem interferência de outras edificações ou árvores que possam causar algum sombreamento.

2. Preparação do terreno

O terreno deve ser nivelado e compactado para garantir a estabilidade do biodigestor. Isso evitará afundamentos e desnivelamentos que possam prejudicar o funcionamento dos equipamentos.

3. Fundação

A fundação correta é indispensável para assegurar a estabilidade e segurança do biodigestor. Para isso, ela deve ser feita de acordo com as especificações do fabricante, utilizando apenas materiais resistentes e de boa qualidade.

4. Instalação do biodigestor

O biodigestor deve ser instalado na base construída anteriormente. É fundamental seguir as instruções do fabricante para que ele funcione corretamente e seja bem fixado no local. Assim, é possível evitar movimentações e vibrações que possam comprometer o funcionamento do sistema.

5. Conexões

As conexões do biodigestor com os resíduos orgânicos, o sistema de aquecimento e o sistema de coleta de biogás devem ser feitas com cuidado e precisão, para evitar vazamentos. Então, o biodigestor deve ser conectado a um tanque de alimentação, onde os resíduos orgânicos são depositados.

Vale lembrar que o sistema de aquecimento é necessário para manter a temperatura ideal para o processo de fermentação anaeróbia que ocorre dentro do biodigestor. Já o sistema de coleta de biogás é responsável por retirar o gás produzido e transportá-lo para o uso.

6. Testes

Após a instalação do biodigestor e das conexões, é importante realizar testes para garantir que o sistema esteja funcionando corretamente e sem vazamentos. É necessário verificar se o sistema está realmente produzindo biogás e se o biofertilizante está sendo produzido na quantidade esperada.

Caso necessário, ajustes devem ser feitos para garantir o bom funcionamento. É por isso que ressaltamos a importância de a instalação ser feita apenas por um profissional técnico.

7. Operação e manutenção

Para garantir o bom funcionamento do biodigestor, é necessário realizar a operação e a manutenção regularmente. Isso inclui a limpeza dos componentes, a adição de resíduos orgânicos na quantidade correta e o monitoramento da temperatura e do pH dentro do sistema.

Além disso, é preciso realizar a manutenção das conexões, como a troca de peças desgastadas e a verificação de vazamentos. Seguindo essas medidas, é possível assegurar a eficiência e a durabilidade do biodigestor, que oferecerá todos as vantagens listadas.

Agora que você conhece todos os benefícios do uso de biodigestores, utilize esse conhecimento para planejar a implantação do seu. Além de ser bastante prático e eficiente para produtores rurais, o uso dessas câmaras faz com que o biogás e os biofertilizantes sejam cada vez mais práticos de serem utilizados como energia e calefação.

Nesse cenário, entender qual é o melhor modelo de biodigestor para o seu negócio significa suprir a maior parte de suas necessidades, ver a sua produção prosperar e ainda contribuir com o planeta.

Além disso, lembre-se de que a Sansuy conta com diferentes produtos para agricultores, como mantas de impermeabilização, tubos de irrigação, abrigos rurais — e ainda tem o seu próprio biodigestor. Confira-os e aumente o seu potencial!

Se gostou deste post e quer continuar antenado em mais assuntos e dicas sobre agronegócio, não deixe de assinar a nossa newsletter e receber conteúdos em primeira mão!

Novidades

Cadastre-se na nossa newsletter
e receba notícias em seu e-mail

icon_newsletter

Selecione o assunto do seu interesse

    Banner Tanque Circular

    Materiais Gratuitos