+55 (11) 2139-2888 [email protected] Voltar para a página inicial
ACESSAR LOJA
+55 (11) 2139-2888 [email protected]
×

Safra de grãos: entenda como funciona e quais as expectativas para 2023/2024

Modificado em: janeiro 11, 2024

Os produtores brasileiros estão otimistas com a safra de grãos para 2024, pois a expectativa é de crescimento em relação aos anos anteriores. A eficiência na produção e o aumento das exportações são apenas alguns dos motivos dessa confiança.

A Conab, que é a Companhia Nacional de Abastecimento, mostrou que a estimativa para a safra de 2023/24 pode ser de 316,7 milhões de toneladas de grãos.

Se confirmado, o volume supera em 41,5 milhões de toneladas o recorde obtido na temporada recentemente finalizada, quando foram colhidos 270,9 milhões de toneladas. É o que aponta o Levantamento da Safra de Grãos 2023/24 divulgado em novembro pela companhia.

Quer saber mais como funciona a safra e quais as expectativas para vários tipos de grãos? Siga neste post até o fim para descobrir!

Qual a diferença entre safra, safrinha e entressafra?

Antes de falarmos da expectativa para a safra de grãos neste ano, é importante entender algumas palavras no mundo do agronegócio. Três delas são a safra, a safrinha e a entressafra. Você sabe a diferença entre elas?

A safra nada mais é do que o plantio feito da lavoura com a chegada das condições climáticas ideais, como a chuva. No caso da safra de grãos, é no período chuvoso que se tem o início do cultivo do milho, soja, entre vários outros.

Para uma safra de qualidade, produtiva e eficiente, é durante esse período que o produtor rural investe mais seus recursos, além do seu tempo. Isso acontece porque a chance de a lavoura vingar e a produtividade ser maior é grande. Assim, o retorno financeiro será ainda mais vantajoso.

No caso dos grãos, na maioria das vezes, a safra começa em outubro e segue pelos dois meses seguintes. Se tudo ocorreu bem até então, a colheita é feita em janeiro, sendo possível antecipar ou adiar um pouco para uma maior efetividade.

Então, a safra é quando se refere ao primeiro ciclo de plantio até a colheita, sendo o principal período por ser o mais lucrativo. É ela que tem uma grande importância no VBP, o Valor Bruto de Produção Agropecuária no Brasil.

Mas e a safrinha?

Ela não é chamada no diminutivo à toa. A safrinha leva esse nome por ter um volume de produção bem menor do que a safra, mas também é de grande importância para o produtor. Isso porque, com o manejo correto do solo e as novas tecnologias, muitos agricultores vêm conseguindo o mesmo volume da safra no milho, por exemplo.

A safrinha começa logo depois do fim da safra, em janeiro, e se estende até março. O que faz ela ter uma menor produção é a condição climática. O excesso de chuva e as altas temperaturas fazem os grãos surgirem de forma rápida, o que diminui a qualidade e a produtividade.

E a entressafra, o que é?

Por fim, a entressafra é o período que vai do fim de uma safra, com a colheita, até o início da próxima. Muitos produtores usam esse tempo para fazer melhorias no solo, rotatividade do cultivo, com plantio de ciclo curto, e outros manejos para manter a área bem para o plantio da próxima safra.

Como a safrinha ganhou importância tanto quanto a safra, esse intervalo na lavoura costuma ser a partir de março até o próximo ciclo. A entressafra do milho, por exemplo, pega os meses de maio, junho, julho e agosto.

Quais as expectativas para a safra de grãos em 2023-2024?

Agora que você entendeu o que é safra, safrinha e a entressafra, vamos explicar qual a expectativa para o mercado agro para a safra de grãos de 2023/24. Quais cultivos ajudarão mais na safra de 316,7 milhões de toneladas? Qual sofreu mais com a produtividade? Trouxemos, aqui, as principais lavouras no país para a análise.

Milho

A Conab prevê uma produção de 119,8 milhões de toneladas de milho, indicando uma redução de 9,1% em comparação com o ciclo anterior. Essa diminuição resulta de uma queda de 4,8% na área plantada, que agora cobre 21,2 milhões de hectares, e uma redução de 4,6% nas produtividades esperadas, após os recordes alcançados em 2022/23.

A diminuição na área plantada de milho no Brasil, o maior exportador global desse cereal, é atribuída à queda nas cotações do milho tanto no mercado internacional quanto no nacional.

Soja

No que diz respeito à soja, há uma previsão recorde de produção, estimada em 162,4 milhões de toneladas para a próxima temporada, refletindo um aumento de 2,8%. A área plantada está projetada em cerca de 45,3 milhões de hectares, evidenciando a contínua expansão da cultura da soja no panorama agrícola brasileiro.

Arroz

A projeção para esse cereal indica uma produção de 11,3 milhões de toneladas, representando um aumento significativo de 12,8% em comparação com a safra anterior. Esse crescimento é impulsionado pela recuperação da rentabilidade do setor.

Algodão

Já quanto ao algodão, a previsão é de uma colheita de 4,2 milhões de toneladas de algodão em caroço e 3 milhões de toneladas de pluma. 

No entanto, há uma preocupação com a possibilidade de redução na produtividade e na produção, devido aos efeitos climáticos como o El Niño, especialmente considerando que o algodão é semeado mais tardiamente na temporada.

Feijão

Há uma estimativa para a recuperação da área de feijão, podendo atingir até 3,1 milhões de toneladas, um crescimento de 0,8% em comparação com a temporada anterior, o que indica uma perspectiva positiva para a produção dessa leguminosa no Brasil.

Trigo

A produção brasileira de trigo em 2024 está projetada para atingir 9,633 milhões de toneladas, representando uma revisão para baixo em comparação com a previsão anterior de 10,459 milhões de toneladas. Essa estimativa se mantém em linha com a safra anterior.

Importância de fazer um levantamento do período anterior

Realizar um levantamento do período anterior da safra de grãos é crucial por diversas razões, já que fornece informações essenciais para produtores, autoridades, pesquisadores e outros agentes do setor agrícola. Aqui estão algumas razões importantes:

  • Planejamento da safra atual: os dados do período anterior ajudam os agricultores a planejar a safra atual. Eles podem analisar o desempenho passado, identificar áreas de melhoria e fazer ajustes nas práticas agrícolas para otimizar a produção.
  • Tomada de decisões estratégicas: as informações sobre a safra anterior são fundamentais para tomar decisões estratégicas. Isso inclui escolhas relacionadas a tipos de culturas a serem plantadas, técnicas agrícolas a serem empregadas, uso de insumos, entre outras.
  • Gestão de riscos: o conhecimento das condições climáticas, pragas e doenças que afetaram a safra anterior ajuda na gestão de riscos. Os agricultores podem implementar medidas preventivas com base nas lições aprendidas, reduzindo a vulnerabilidade da produção a eventos adversos.
  • Estimativas de produção e mercado: os dados do período anterior são usados para fazer estimativas iniciais da produção e para analisar as condições do mercado, o que é importante para o planejamento logístico, preços futuros e para garantir que haja oferta suficiente para atender à demanda.

O que levar em consideração nesse momento

As projeções indicam que o Brasil terá, pelo menos, a segunda maior safra de grãos de sua história no ciclo 2023/24. A expectativa é de uma boa colheita, com destaque para o arroz, que apresenta estimativa de incremento na área plantada e na produtividade média.

A área plantada de feijão também apresenta uma alta esperada, possivelmente impulsionada pela expectativa de melhor rentabilidade em comparação com culturas concorrentes, como soja e milho, devido ao retorno mais rápido do investimento decorrente do ciclo mais curto da cultura, entre outros fatores. 

Para a soja, prevê-se crescimento na área e na produtividade, resultando em uma produção recorde. No caso do milho, as estimativas apontam para uma redução na área plantada e na produtividade média, decorrendo em uma produção total menor em comparação ao ciclo anterior. 

Por sua vez, para o algodão, há uma previsão de crescimento na área plantada e estimativa de produção de pluma. Quanto às culturas de inverno, como o trigo, haverá um aumento de área, mas com redução na produtividade.

Para o arroz, prevê-se um aumento nas exportações, enquanto para a soja, as elevadas exportações brasileiras devem se manter, consolidando o país como o maior exportador mundial da oleaginosa. Já para o milho, estima-se uma oferta nacional menor, resultando em exportações inferiores ao ciclo anterior.

Possíveis desafios

Apesar do aumento de área plantada, a produtividade de algumas safras de grãos pode não ter a sua produtividade elevada, principalmente devido à probabilidade de ocorrência do fenômeno El Niño.

Caso o El Niño se confirme, há a possibilidade de redução das precipitações na Região Nordeste e riscos de excesso de chuvas no Sul durante os períodos de colheitas.

O impacto do El Niño na intensidade das chuvas pode ocasionar uma redução da área destinada ao cultivo de soja em regiões mais baixas, levando os produtores a priorizar o plantio de arroz, que é mais resistente à inundação.

Motivos pelos quais a safra de grãos 2023/24 deve atingir recorde no Brasil

A estimativa para a safra de soja no Brasil indica um crescimento na área plantada e na produtividade, resultando em uma produção prevista de mais de 162 milhões de toneladas. Isso representaria um novo recorde para a cultura, superando a produção de 154,6 milhões de toneladas na safra anterior (2022/2023).

Além do aumento de área plantada e produtividade, um dos principais motivos que irão levar a safra de grãos de 2023/24 bater recorde no Brasil é o aumento da exportação.

Como você pode perceber, a safra de grãos deverá bater recorde em 2023/2024. É importante estar por dentro dessas informações para garantir o sucesso da sua colheita.

Esperamos que este conteúdo tenha ajudado a entender melhor a expectativa para a safra e, se quiser saber mais sobre o assunto, acompanhe o material da Sansuy para o mercado agro!

Novidades

Cadastre-se na nossa newsletter
e receba notícias em seu e-mail

icon_newsletter

Selecione o assunto do seu interesse

    Banner Tanque Circular

    Materiais Gratuitos