Voltar para a página inicial

Veja o que é plant based e a relação com o agronegócio!

Modificado em: outubro 5, 2023

Você sabe o que é plant based? Esse termo tem sido cada vez mais presente no cotidiano moderno. No entanto, é importante frisar que não se trata simplesmente de um tipo de dieta, mas de um estilo de vida que procura maximizar o consumo de alimentos integrais e minimizar o uso de processados.

Desse modo, o agronegócio tem um papel fundamental no fornecimento de alimentos para essa tendência alimentar. Ao longo deste post, você vai entender melhor sobre esse estilo de vida, quais são seus benefícios e de que forma ele impacta a agricultura e a pecuária. Acompanhe!

O que é plant based?

O termo “plant based” pode ser traduzido como “baseado em plantas”. Então, refere-se a uma dieta baseada em plantas, ou seja, prioriza alimentos derivados de vegetais em detrimento de produtos de origem animal.

Isso significa que frutas, legumes, verduras, grãos, sementes e nozes são os protagonistas dos pratos. Mas, atenção, ser plant based não é só sobre o que você coloca no prato, é também uma filosofia de vida que envolve escolhas conscientes, levando em conta o impacto da nossa alimentação na saúde, no meio ambiente e no bem-estar animal.

Assim, quem segue essa filosofia procura alimentos minimamente processados, cultivados de forma sustentável e que não causem sofrimento aos animais. Em resumo, plant based é uma proposta de viver de forma mais harmoniosa com a natureza.

Quais alimentos fazem parte da dieta plant based?

A dieta plant based é caracterizada pela abundância e variedade de alimentos de origem vegetal. São eles:

  • frutas e legumes — constituem a base desta dieta, pois fornecem uma variedade incrível de nutrientes, fibras e antioxidantes. Sejam consumidos frescos, congelados ou secos, eles são a escolha perfeita para lanches, sobremesas e até pratos principais;
  • grãos integrais — incluem alimentos como arroz integral, aveia, quinoa, trigo-sarraceno e cevada. Eles fornecem carboidratos complexos (uma importante fonte de energia), além de fibra, vitaminas e minerais;
  • leguminosas — feijão, lentilha, grão-de-bico e ervilha são fontes ricas de proteínas e fibra;
  • nozes e sementes — fontes de proteínas, gorduras saudáveis e fibras. Podem ser consumidos inteiros, como manteigas naturais ou como leites vegetais;
  • tubérculos — batatas, mandioca e batata-doce são alimentos energéticos e ricos em fibras e outros nutrientes;
  • alimentos fermentados — como chucrute, kimchi e kefir à base de plantas — ótimos para a saúde do intestino.

Vale lembrar que na dieta plant based a ideia é minimizar o consumo de alimentos processados e ultraprocessados, mesmo que sejam de origem vegetal. Portanto, quanto mais natural e integral for o alimento, melhor. Assim, este tipo de dieta favorece a saúde do organismo, o respeito aos animais e a preservação do planeta.

E quais alimentos não fazem parte desse estilo de vida?

Ao adotar uma dieta plant based é necessário evitar alguns alimentos, principalmente aqueles de origem animal. Isso inclui:

  • carnes — não fazem parte da dieta plant based, sejam vermelhas, brancas, peixes ou frutos-do-mar;
  • laticínios — queijos, iogurtes, manteiga, creme de leite e leite de origem animal são excluídos. Existem diversas alternativas vegetais disponíveis no mercado para substituir esses produtos;
  • ovos — também são de origem animal e não fazem parte deste estilo de alimentação;
  • mel — embora seja um produto natural, é de origem animal, sendo assim, não é incluído na dieta plant based;
  • alimentos ultraprocessados — mesmo sendo de origem vegetal, como alguns salgadinhos, bolachas recheadas e refrigerantes, são evitados devido ao alto grau de processamento e aos aditivos químicos.

É importante destacar que, além dos alimentos citados, outros produtos de origem animal como gelatina, banha e alguns tipos de aditivos alimentares também não são consumidos. Ademais, produtos de beleza ou vestuário que utilizem ingredientes ou materiais de origem animal também são evitados, já que o plant based é um estilo de vida que vai além da alimentação, buscando o respeito à vida animal e a preservação do meio ambiente.

Quais os benefícios da dieta plant based?

A dieta plant based traz uma série de vantagens para a saúde, o meio ambiente e o bem-estar animal. Os principais são:

  • saúde — uma alimentação rica em alimentos vegetais e pouco processados contribui para a redução do risco de várias doenças crônicas, como diabetes tipo 2, doenças cardiovasculares e certos tipos de câncer. Além disso, auxilia na manutenção de um peso saudável e na promoção de uma saúde intestinal robusta;
  • meio ambiente — a produção de alimentos de origem vegetal tende a ser menos prejudicial ao meio ambiente quando comparada à de alimentos de origem animal, contribuindo para a redução das emissões de gases de efeito estufa e do uso de água e solo;
  • bem-estar animal — ao optar por uma alimentação plant based, contribuímos para a redução da exploração e do sofrimento animal, pois evitamos o consumo de produtos derivados deles;
  • diversidade alimentar — uma dieta plant based incentiva a exploração de uma grande variedade de alimentos, o que pode resultar em refeições mais nutritivas e saborosas.

Por tudo isso, a dieta plant based pode ser uma opção interessante para quem busca um estilo de vida mais saudável e consciente.

Qual a relação dessa dieta com o agronegócio?

A crescente demanda por alimentos plant based representa uma grande oportunidade para o agronegócio. Com o aumento do número de pessoas adotando essa filosofia de vida, há um mercado em expansão para produtos agrícolas. Fazendeiros e agricultores podem se beneficiar dessa tendência cultivando uma variedade maior de vegetais, leguminosas, grãos e frutas.

Além disso, com o foco em sustentabilidade que acompanha a dieta plant based, práticas agrícolas sustentáveis estão em alta. Produtos orgânicos, sem agrotóxicos ou cultivados de forma agroecológica, têm grande apelo para esse público.

Portanto, o agronegócio tem um papel central nesse movimento, não apenas para atender à demanda, mas também para liderar práticas mais sustentáveis e éticas na produção de alimentos. Dessa forma, plant based e agronegócio podem caminhar juntos, criando oportunidades e benefícios mútuos.

Portanto, a dieta plant based é uma tendência que veio para ficar. Ela representa uma mudança no modo como nos alimentamos, respeitando a saúde, o meio ambiente e os animais. Para o agronegócio, esse movimento traz novas oportunidades de produção e comercialização de alimentos. Desse modo, é importante que o setor esteja preparado para atender a essa demanda crescente de forma sustentável.

Achou interessante entender o que é plant based? Então, compartilhe este post nas suas redes sociais! Assim, mais pessoas poderão compreender os detalhes sobre a dieta plant based e o papel fundamental do agronegócio nessa mudança.

Novidades

Cadastre-se na nossa newsletter
e receba notícias em seu e-mail

Selecione o assunto do seu interesse

    Materiais Gratuitos