+55 (11) 2139-2888 [email protected] Voltar para a página inicial
ACESSAR LOJA
+55 (11) 2139-2888 [email protected]
×

EPI para motorista de caminhão: 8 principais para se proteger

Modificado em: maio 31, 2023

Durante as exaustivas viagens a trabalho, os caminhoneiros precisam tomar inúmeras precauções para garantir o máximo de conforto e segurança própria e das demais pessoas que trafegam pelas mesmas estradas. Entre esses cuidados inclui-se o uso de EPI para motorista de caminhão.

Esses equipamentos variam de acordo com o tipo de veículo, a carga transportada e os horários de viagem do profissional. Há normas regulamentadoras editadas pelo Ministério do Trabalho, como a nº 6, que estipula a proteção individual, bem como as diretrizes exigidas pelos trabalhadores e empregadores para o uso desses utensílios na rotina laboral.

Essas normas contêm as formas de fiscalização e os produtos indicados para a proteção das partes do corpo, conforme a atividade exercida. Neste post, listamos 8 dos principais tipos de EPIs, definidos, também, pela NBR 9735 da ABNT, que os caminhoneiros devem usar a fim de se protegerem melhor em suas viagens. Fique com a gente e entenda quais são e para que servem!

 1. Luva de raspa

Motoristas de caminhão devem usar os EPIs conforme o tipo de carga transportada. De acordo com a designação da norma oficial, essas ferramentas precisam conter os nomes oficiais das empresas fabricantes, o lote e o número do certificado de aprovação.

Um dos equipamentos tidos como mais importantes para motoristas de caminhão são as luvas de raspa. Sua utilidade está na proteção das mãos de quem trabalha com carregamento de produtos, especialmente quando se tratam de substâncias químicas.

No entanto, para que a segurança seja efetiva, é preciso ter certeza quanto a qualidade e a resistência do material usado para a fabricação da ferramenta. Além disso, é indispensável tomar os cuidados indicados pelo fabricante, a fim de prolongar sua durabilidade e eficiência.

2. Capacete

Outro EPI essencial para a rotina dos caminhoneiros é o capacete, que não pode ser dispensado nas operações de carga e descarga. Somente com ele é possível manter a cabeça a salvo contra possíveis quedas de objetos.

É preciso lembrar-se de que em procedimentos de carregamento e descarregamento de produtos, ocorrem constantes movimentações de itens, o que aumenta o risco de acidentes. Portanto, atente para esse detalhe e use o capacete sempre.

3. Máscara de proteção

Ultimamente, as máscaras de proteção têm sido valorizadas como nunca. Sua principal função é proteger as vias respiratórias contra agentes externos, mas, também servem para evitar contaminação por quem as usa.

No cotidiano dos motoristas de caminhão, ela também ajuda na preservação da saúde e do bem-estar do usuário. O equipamento pode filtrar partículas de ar invisíveis e prejudiciais como, fumo, gases, vapores orgânicos e outras substâncias que causam os mais variados problemas respiratórios.

A utilização da máscara deve ser feita principalmente por profissionais que mantêm contato direto com óleo diesel, uma vez que esse combustível é o mais predisposto a desenvolver moléstias.

4. Colete de sinalização

Esse equipamento é mais usual entre profissionais que atuam nas rodovias, no entanto, é muito importante também para os caminhoneiros. Os coletes de sinalização permitem que o motorista seja avistado de uma distância de até 300 metros, o que pode evitar acidentes, principalmente quando a visibilidade está ruim, como em dias e noites em que há fumaça ou neblina.

Com a ajuda do colete, se for preciso sair do caminhão no acostamento para resolver algum imprevisto, fica mais fácil notar a presença da pessoa fora do veículo, mesmo que distante.

5. Óculos de proteção

Segundo o Conselho Brasileiro de Oftalmologia, anualmente, são registrados mais de 150 mil casos envolvendo problemas de visão relacionados às atividades laborais no Brasil. Isso demonstra que acidentes e doenças relativas à visão são muito mais comuns do que se pensa.

Considerando esses números, podemos entender a importância de adotar os óculos de proteção em determinados ambientes e situações ligadas ao trabalho. Eles são fortes aliados na prevenção de moléstias e acidentes nos olhos, como radiação, poeira, traumas, vapores, queimaduras e outros riscos que provocam ferimentos, danos e até a perda da visão em longo prazo.

Certos tipos de carga têm um potencial maior de perigo no transporte, o que faz do uso correto do EPI um fator fundamental para que o caminhoneiro possa reduzir os riscos. O objetivo do seu uso adequado é evitar acidentes, ao mesmo tempo em que se adéqua às normas legais, levando-se em conta que alguns dos equipamentos são obrigatórios, conforme a atividade exercida pelo profissional.

No caso dos óculos de proteção, vale frisar que o modelo deve ser adaptado de acordo com a função desempenhada pelo usuário. Hoje, existem alguns que aceitam lentes com grau para quem precisa fazer esse ajuste.

6. Proteção auricular

É importante deixar claro que o ouvido é muito sensível, por isso, bastante suscetível a situações de risco. O protetor auricular é um instrumento desenvolvido para ser introduzido no canal auditivo externo e, assim, proteger esse órgão de ruídos muito altos, impurezas, entrada de água, vento em excesso e outras condições ameaçadoras.

Sendo assim, o motorista de caminhão deve ficar atento ao realizar operações de carga e descarga em locais muito barulhentos, com ruídos acima do permitido. No entanto, é fundamental não usar enquanto estiver dirigindo, já que nessa situação, o profissional fica impossibilitado de ouvir sirenes, buzinas, sinais de trânsito e outros sons importantes para orientar-se adequadamente durante o tráfego.

7. Bota com bico de aço

A proteção dos pés de um caminhoneiro não pode ser deixada de lado, afinal, não é difícil que algum objeto ou substância caia sobre eles causando algum tipo de lesão, como a troca de um pneu, por exemplo. Isso é comum e sem uma proteção, pode ocorrer um acidente grave.

Para precaver-se contra esse tipo de problema, é recomendado o uso de botas com bico de aço ou de PVC. Os primeiros modelos usavam aço, porém, esse material pode pesar muito e deixa o calçado rígido, por isso, agora já existem as botas desenvolvidas com arremate em policloreto de vinila.

Esse material é bem mais flexível e leve, proporcionando a devida proteção dos pés, com um conforto muito maior.

8. Respirador para pó

Prevenir-se de doenças respiratórias de maneira geral nunca foi tão importante. Esse EPI é feito para proteger o trato respiratório contra poeira comum e, ainda, pode evitar a aspiração e contaminação por outros produtos, como soda cáustica, sabão em pó, minério de ferro, névoas de ácidos, poeiras de origem vegetal e outros.

Portanto, toda vez que houver necessidade de transportar produtos potencialmente danosos à saúde, para proteger o aparelho respiratório, é muito importante usar o respirador para pó.

Sabemos o quanto a profissão de caminhoneiro anda lado a lado com riscos constantes. O cotidiano das estradas oculta inúmeras surpresas que podem afetar o saúde psicológica e física desses profissionais.

Por isso, é importante precaver-se e usar EPI para motorista de caminhão, transformando essa prática em hábito. Ciente disso, é essencial não se deixar levar por uma postura negligente e desatenta com algo que pode salvar vidas. Manter o profissional em dia com a legislação pertinente assegura viagens mais produtivas e tranquilas.

Se você gostou das sugestões desse post, aproveite para conhecer mais oito acessórios para caminhão para ajudar ainda mais na sua segurança!

Novidades

Cadastre-se na nossa newsletter
e receba notícias em seu e-mail

icon_newsletter

Selecione o assunto do seu interesse

    vinilona_cinza_20_2_1

    Materiais Gratuitos