+55 (11) 2139-2888 [email protected] Voltar para a página inicial
ACESSAR LOJA
+55 (11) 2139-2888 [email protected]
×

Direção econômica no caminhão: veja 8 dicas!

Modificado em: junho 6, 2024

Você já ouviu falar em direção econômica no caminhão? Um bom caminhoneiro precisa saber como reduzir os custos de cada viagem. Isso significa entender como usar corretamente o acelerador, a direção e a transmissão para desviar de obstáculos e realizar uma rota mais eficiente.

O uso desses métodos pode ajudá-lo a economizar dinheiro em combustível e a aumentar a vida útil geral do veículo. Também pode melhorar a segurança e o conforto para o motorista e contribuir para a preservação do caminhão.

Continue acompanhando o artigo para descobrir como fazer seu caminhão funcionar com desempenho excepcional por mais tempo e ainda contribuir com o seu bolso!

1. Tenha cuidado com as freadas bruscas

Diminuir a velocidade de um veículo e aplicar os freios é um ato economicamente consciente. Sempre que identificar uma obstrução com antecedência, como um pedestre ou um semáforo, reduza a velocidade até a parada completa do veículo. Isso corta imediatamente o abastecimento de combustível e gera uma pequena, mas crucial economia.

Mudar de marcha também prolonga significativamente a vida útil dos freios. Também é bom saber que uma frenagem brusca pode ser mais perigosa, pois reduz o tempo para corrigir problemas ou se recuperar de um mau funcionamento.

2. Mantenha-se dentro dos limites de velocidade

Outro ponto essencial na direção econômica do caminhão é a velocidade. É comum a ideia de que a eficiência de combustível aumenta à medida que o veículo ganha velocidade. Acredita-se que grande parte da energia gasta na inércia dos caminhões surge da aceleração.

Na realidade, porém, a resistência do ar aumenta significativamente à medida que a velocidade do veículo aumenta. Consequentemente, é preciso mais força para que o veículo mantenha sua velocidade. Rotações mais altas do motor aumentam o consumo de combustível, elevam as emissões de gás carbônico no meio ambiente e aumentam a probabilidade de acidentes veiculares.

Dirigir em uma velocidade segura e razoável para cada área é a melhor opção para os motoristas. Além de economizar, ajuda a manter as estradas seguras.

3. Faça uso das marchas adequadamente

Você já entendeu que quanto maior a velocidade do motor de um carro, maiores os custos de combustível para esse veículo. Isso se deve ao funcionamento dos motores; altas rotações do motor requerem mais voltas para serem concluídas. Então, prefira as marchas mais altas ao se deslocar em cenários planos ou com subidas baixas.

Repita o procedimento ao acelerar ou ao parar completamente. Os motores precisam desacelerar o mais rápido possível após cada turno para ajudar a evitar danos, caso ocorram.

4. Use o ar condicionado controladamente

Tome cuidado com o uso do ar condicionado na direção econômica do caminhão. Trata-se de um vilão silencioso que rouba a potência do motor em troca da refrigeração do ar. Com isso, há um aumento no consumo do combustível em até 10%.

Como a aerodinâmica do caminhão diminui com a resistência do vento, recomenda-se a opção de usar apenas a ventilação natural em climas mais frios. Apesar disso, é importante entender que a partir de 80 km/h, o vento que entra pela janela de um caminhão começa a interferir notavelmente em sua aerodinâmica.

5. Faça a manutenção regular do caminhão

Cuidar do seu veículo é melhor do que consertar os problemas depois que eles ocorrem. Ao monitorar o seu caminhão, você evita possíveis problemas e a necessidade de manutenções corretivas mais caras. Evite desperdícios de combustível com manutenções preventivas no motor do seu carro.

Cuide para que o motor não sofra com sujeira excessiva, vazamentos ou peças mal lubrificadas. Problemas com essas peças podem afetar negativamente o desempenho geral do veículo, o que aumenta ainda mais os gastos.

6. Planeje suas rotas com cautela

Mais uma dica de direção econômica no caminhão é em relação às rotas. Não planejar sua viagem com antecedência pode gerar despesas adicionais. Portanto, reserve um tempo para decidir o melhor trajeto antes de pegar a estrada.

Para atender às necessidades de seus clientes e reduzir seus custos, considere mais do que apenas a distância percorrida ao criar uma rota. Analise também as condições das estradas, os pedágios, o prazo de entrega, a frequência de roubos de cargas e acidentes e os melhores locais para abastecer e descansar.

7. Evite as descidas de “banguela”

A frenagem e o controle de velocidade em um caminhão são muito importantes. A famosa “banguela” é uma prática perigosa, utilizada por muitos caminhoneiros. Funciona quando o motorista usa a inércia do veículo para que ele se mova sem utilizar a aceleração. Um caminhoneiro profissional deve evitar fazer isso, pois, ao manter o caminhão na marcha neutra, o motor consome combustível.

Contudo, se um caminhão estiver engatado na descida, a unidade do motor desativará o consumo de combustível. Isso permite que o motorista mantenha uma velocidade constante sem pressionar o acelerador. Ao desligar o consumo de combustível, os motoristas podem economizar dinheiro em suas despesas.

Além disso, o caminhão na “banguela” demora mais para recuperar o controle quando passa por um evento inesperado. Esse atraso pode representar um risco para a segurança de outros motoristas, pedestres e do próprio caminhão.

8. Calibre seus pneus periodicamente

A calibragem inadequada dos pneus leva ao aumento do consumo de combustível. Os caminhões normalmente carregam mais peso em distâncias mais longas e as configurações adequadas melhoram seu desempenho geral. O superaquecimento causado pelo atrito excessivo entre o pneu e o asfalto também pode danificar o motor do veículo.

Ajustes incorretos dos pneus podem causar atrito que impede o equilíbrio de potência eficiente entre os quatro pneus. O desgaste e a manutenção dos pneus custam uma quantia considerável. Além disso, pneus fora de calibração precisam ser substituídos com mais frequência.

Além dessas medidas de direção econômica no caminhão, existem outras abordagens que você pode aplicar no dia a dia na estrada, que farão uma grande diferença no fim do mês. Uma delas é abastecer sempre em postos de gasolina com credibilidade no mercado. Tal estratégia evita que o veículo seja prejudicado com álcool, diesel ou gasolina de má qualidade.

Gostou deste conteúdo? Então, compartilhe em suas redes sociais e mostre aos seus amigos tudo o que aprendeu por aqui!

Novidades

Cadastre-se na nossa newsletter
e receba notícias em seu e-mail

icon_newsletter

Selecione o assunto do seu interesse

    vinilona_cinza_20_2_1

    Materiais Gratuitos