+55 (11) 2139-2888 [email protected] Voltar para a página inicial
ACESSAR LOJA
+55 (11) 2139-2888 [email protected]
×

Vantagens do sistema de cultivo de microalgas para o aquanegócio

Modificado em: maio 31, 2023

Piscicultores preocupados em produzir as melhores mercadorias e oferecer qualidade aos clientes necessitam estar por dentro das principais novidades da aquicultura. Investir em criações alternativas é uma boa opção para desenvolver produtos que atendem a nichos específicos do mercado e, assim, conseguir destaque em relação aos concorrentes.

Neste texto, você aprenderá as maiores vantagens relacionadas ao cultivo de microalgas. Essa pode ser a sua chance de expandir os seus conhecimentos sobre o assunto e colocar em prática as nossas dicas na sua fazenda.

Comece agora mesmo a sua leitura e não perca a oportunidade de investir em um bom negócio!

Aprenda o que são microalgas e suas principais características

Microalgas são algas unicelulares que crescem em ambientes aquáticos e apresentam um metabolismo semelhante ao das plantas. Elas estão presentes tanto na água doce como na salgada, e são mais comuns de serem encontradas do que se imagina. Você já deve ter visto alguma lagoa com a coloração esverdeada — e caso ainda não saiba, isso é consequência do ecossistema dessa espécie.

Da mesma maneira como diversas outras algas, esse organismo é extremamente necessário para a produção de oxigênio presente na atmosfera terrestre, o que faz dele um importantíssimo agente que contribui para o equilíbrio do meio ambiente.

Sua fácil adaptação a diversos ambientes aquáticos, além da sua singular importância dentro do ecossistema terrestre, vem chamando a atenção de pesquisadores do mundo inteiro, no sentido de utilizar as microalgas para controlar o efeito estufa. Acredite, elas são tão efetivas para essa função quanto uma floresta tropical, e necessitam de uma área para desenvolvimento muito menor do que as árvores comuns.

Cientistas modernos estão cada vez mais estupefatos em relação ao nível de produtividade das algas unicelulares, pois, do interior de suas células, é perfeitamente possível extrair um óleo de qualidade semelhante, se não superior, aos que são provenientes das plantas tradicionais.

Para tanto, basta adequá-las a um ambiente aquoso, juntamente à luz solar, e simplesmente deixá-las se desenvolverem por meio da biotecnologia correta para esse fim.

Conheça as 4 maiores vantagens do cultivo de microalgas

Caso você ainda tenha dúvidas sobre ao cultivo de microalgas e necessita saber mais do porquê esse pode ser um ótimo investimento para a aquicultura, não perca o nosso guia sobre as vantagens de cultivar esse tipo de organismo.

Chegou o momento de tirar todas as dúvidas sobre o assunto e realizar a melhor escolha para a sua produção, confira!

1. Alta produtividade

O cultivo de algas unicelulares apresenta um grande potencial de produtividade, pois essa espécie possui a característica especial de se reproduzir muito rapidamente.

Esse fato de reprodutibilidade é capaz de proporcionar uma quantidade verdadeiramente grande de óleo e biomassa. Não obstante, essa enorme capacidade de produção de matéria-prima vem chamando a atenção de setores que necessitam incisivamente desse insumo.

Ainda sobre o potencial de produção, saiba que a biomassa gerada por microalgas apresenta muitas vantagens em relação aos produtos tradicionais disponíveis no mercado. Para que você tenha uma ideia, a produção de biomassa por meio de algas costuma proporcionar cerca de 10 a 100 vezes mais matéria-prima do que os cultivos agrícolas mais conhecidos.

2. Preservação do meio ambiente

Investir na produção de microalgas agrega diversos benefícios para a preservação do meio ambiente. Esses organismos podem ser utilizados para o tratamento de águas residuais de diversos procedimentos industriais, como a detoxificação biológica e a retirada de metais tóxicos à natureza.

Também é possível utilizar esse organismo como um bioindicador para a observação de nutrientes benéficos presentes na água, tanto quanto na detecção de substâncias nocivas ao ecossistema, como detergentes, dejetos industriais e agrotóxicos.

A agricultura é outro ramo que pode ser beneficiado pela utilização de microalgas, pois é possível fertilizar o solo de diversas culturas por meio da biomassa produzida por elas.

Essas algas ainda apresentam a capacidade de sintetizar toxinas para produzir uma quantidade considerável de moléculas bioativas, que podem ser utilizadas como antibióticos, anticancerígenos, anti-inflamatórios, entre outros fármacos.

Para concluir este tópico, podemos citar a capacidade fascinante dessas algas na mitigação do efeito estufa, onde a assimilação do gás carbônico, resultante do processamento de combustíveis fósseis, acontece de maneira mais acelerada do que em florestas tropicais.

3. Eficiência da produção

Já citamos a facilidade relacionada à produção de microalgas, mas o que você ainda não sabe é que as próprias características singulares dessa espécie são capazes de potencializar o manejo e o produto final da sua indústria.

Algas dessa categoria apresentam uma estrutura muito simples e têm, em si, a capacidade natural de sobreviverem somente por meio da luz solar — possibilitando a acumulação dos seus micronutrientes, para que possam se desenvolver saudavelmente. Essa característica proporciona variados perfis bioquímicos, que são extremamente ricos e que facilitam o manejo da cultura.

Por serem 100% naturais, esses nutrientes apresentam-se cada vez mais como alternativas sustentáveis de alimento, podendo substituir perfeitamente insumos de origem animal, que agridem significativamente o meio ambiente, além de serem geneticamente modificados.

Assim, as microalgas apresentam uma eficiência considerável para a sua produção pela própria natureza desses organismo — que pode ser cultivado de maneira fácil e sem a necessidade de manejos mais complexos.

4. Facilidade para estruturar a criação

A criação de microalgas na aquicultura é beneficiada pela facilidade de estruturação da cultura. Para tanto, você pode utilizar fotobiorreatores, que funcionam como sistemas de cultivo aberto ou fechado, em que os organismos multiplicam-se para gerar biomassa.

Após passarem pela fase de maturação, a colheita é realizada de maneira simples, sendo retiradas do sistema de cultivo, para que possam ser convertidas em produtos. Essa fase é procedida pelo processo de secagem e encapsulamento (tornando-as rações e suplementos alimentares) ou pela extração do óleo (onde o ômega 3, cosméticos e artigos de higiene pessoal são produzidos).

O procedimento de liquefação térmica para o desenvolvimento de combustíveis, como o diesel verde, a bioquerosene e a gasolina verde, também pode ser realizado após a colheita, proporcionando uma matéria-prima de primeira qualidade.

Você acabou de aprender os 4 maiores benefícios da criação de microalgas e já está pronto para inciar o seu cultivo. Não se esqueça de utilizar os melhores equipamento do mercado para obter uma boa produtividade no seu negócio. Comece agora mesmo a sua criação e ganhe destaque no mercado!

Esperamos que tenha gostado de aprender mais sobre o cultivo de microalgas. Compartilhe este texto nas redes sociais e mostre que você é especialista no assunto!

Novidades

Cadastre-se na nossa newsletter
e receba notícias em seu e-mail

icon_newsletter

Selecione o assunto do seu interesse

    Banner Tanque Circular

    Materiais Gratuitos