Voltar para a página inicial

Como pagar mais barato no seguro de caminhão? Veja 6 dicas

Modificado em: maio 31, 2023

A vida na boleia é única, até porque todo caminhoneiro ama o que faz. Mas também existem algumas preocupações justificáveis, já que as longas jornadas nas estradas pelos mais diversos rincões do Brasil aumentam a possibilidade de imprevistos não desejados.

São distâncias bem grandes percorridas em cenários muito distintos entre si. Ou seja, podem acontecer problemas como colisões e roubos, sem falar naqueles de origem mecânica ou elétrica, envolvendo pneus, faróis, motor etc. Por isso, contar com um seguro de caminhão garante que o motorista possa respirar aliviado após alguns sinistros.

Os contratos de seguros são customizáveis, portanto você tem a oportunidade de formar o seu segundo as próprias necessidades, adaptando a apólice para a sua realidade. Assim, fica protegido dos principais contratempos nas rodovias e sofre menos danos financeiros. Continue conosco e veja seis dicas para pagar mais barato nesse investimento!

1. Faça várias pesquisas

Fuja do senso comum: seguros não são todos iguais. Pelo contrário, aliás. Cada empresa oferece distintas coberturas e apólices. Ou seja, seu seguro de caminhão exige uma boa pesquisa antes da assinatura do contrato.

Antes de tudo, na verdade, procure informações confiáveis a respeito da reputação da seguradora. É uma marca idônea? Qual é a avaliação média dos clientes nas plataformas online? Existem muitas reclamações? Elogios? A internet é um prato cheio para essa busca.

Além disso, dê a devida atenção a cada linha do acordo assinado. Jamais passe a caneta sem conferir a fundo o que está assinando, mostrando firmeza e conhecimento da situação. Em caso de dúvidas, entre em contato com pessoas especializadas e de confiança. Fazendo pesquisas para encontrar a melhor opção e abrindo bem o olho, você dá o primeiro passo.

2. Considere suas necessidades

A apólice do seguro de caminhão deve estar sempre atrelada às demandas do contratante — no caso você, caminhoneiro. Nesse cenário, vale ressaltar que inúmeros elementos influenciam no preço, e conhecê-los pode ajudar a barganhar e tirar o melhor proveito do investimento.

O tipo de carga transportada no veículo, por exemplo, é um fator primordial. Valor e fragilidade representam dois aspectos bem importantes ao contratar um seguro, já que a gestão de riscos faz parte do serviço. Em geral, os itens de maior cobiça são os eletrodomésticos, com alimentos, roupas e remédios aparecendo na sequência.

Dependendo das suas necessidades, a carga pode nem ser a principal razão pela qual o seguro está sendo contratado. Portanto, delimite claramente uma espécie de hierarquia para apresentar à empresa, pois a grande preocupação varia do seguro de vida até questões mecânicas, por exemplo. Com esse conhecimento, é possível baratear o investimento.

3. Use equipamentos de segurança

Aqui, destacamos como existem algumas variáveis que alteram o preço do seguro de caminhão. E os equipamentos de segurança são ótimas alternativas para reduzir esse valor. Itens como um simples rastreador de veículos, quando instalados, diminuem as taxas cobradas, porque, de acordo com a visão das seguradoras, a proteção contra roubos baixa bastante. A partir do momento em que o processo de recuperação do caminhão passa a ser teoricamente mais simples, o seguro custa menos.

Em situações de roubo ou furto seguidos de recuperação do veículo, a empresa contratada só precisa ajustar as avarias causadas. Outra ferramenta interessante é o bloqueador, que, com ativação remota, interrompe por completo a operação do caminhão. É um item barato e, muitas vezes, associado ao próprio rastreador, facilitando a compra.

4. Estacione em locais seguros

Parado e sem ninguém dentro, o veículo fica vulnerável à ação de criminosos que se aproveitam da ausência do motorista. A céu aberto, ainda entram em cena fenômenos naturais, como chuva e vento, que são capazes de causar prejuízos à estrutura do caminhão.

Por isso, lembre-se de sempre estacionar em locais seguros, quando possível. Afinal de contas, antes de definir valores, empresas de seguros avaliam o perfil do condutor e do veículo. A relação entre risco de sinistro identificado e custo do seguro é diretamente proporcional, ou seja, essa segurança ao estacionar ajuda a reduzir a despesa.

Prova disso é que, ao comprovar a existência de uma garagem ou um espaço fechado, o montante baixa de maneira considerável. Diante das circunstâncias específicas, pode ser que o seguro para estacionamento nem se mostre relevante para você — mas caso seja, invista nele.

5. Conte com um bom histórico

Ao longo do texto, você certamente já percebeu como o preço do seguro de caminhão oscila de acordo com uma série de detalhes. E o histórico do contratante é um desses principais elementos influenciadores. Se você, como caminhoneiro, carrega uma carreira sem muitas ocorrências de multas, acidentes e roubos, a tendência é que a seguradora cobre o menor valor possível dentro dos limites.

Portanto, na hora de entrar em contato com a empresa, mencione abertamente o seu perfil, caso ele de fato evidencie um risco baixo de sinistros. Assim, é mais uma barganha adicionada à negociação.

6. Verifique o valor coberto pela apólice

Usando as cargas como exemplo: saiba que você pode finalizar contratos de apólices sempre baseadas no valor estimado dos itens mais baratos que transporta. Esse conhecimento, se passar batido, tende a fazer com que a empresa cobre mais caro pelo serviço por conta de cargas mais caras, que raramente são carregadas por você. Assim, caso haja o transporte vez ou outra desse produto de maior valor, basta realizar o ajuste específico para o período.

A dica aqui também vale para outras questões listadas no contrato. Ou seja, a ideia é fazer com que você perceba a necessidade de verificar a relação custo-benefício entre investimento no seguro, despesas inerentes ao próprio trabalho e montante estipulado na apólice.

Para preservar a sua grande fonte de renda, além de acrescentar tranquilidade à rotina profissional, o seguro de caminhão é um excelente investimento. Quem atua no transporte de cargas deve, entre outras coisas, prezar por aspectos indispensáveis, como cobertura contra acidentes, furtos e problemas mecânicos, em especial.

E aí, o post foi útil de alguma forma para você? Então aproveite a visita ao blog da Sansuy e confira dicas para o caminhoneiro se sentir seguro na estrada!

Novidades

Cadastre-se na nossa newsletter
e receba notícias em seu e-mail

Selecione o assunto do seu interesse

    vinilona_cinza_20_2_1

    Materiais Gratuitos