Voltar para a página inicial

Conheça 4 tipos de reservatórios de água e quando são usados!

Modificado em: maio 31, 2023

O uso da água é indispensável para diversas atividades profissionais, seja no comércio, seja na indústria, na prestação de serviços e, principalmente, no agronegócio. Trata-se de um recurso valioso para a vida e, por isso, ter um bom reservatório de água é primordial.

Pelo fato de ser extremamente importante, é preciso adotar o uso consciente e processos bem definidos, que vão desde a captação até as formas de armazenamento e distribuição — nesse contexto, os reservatórios têm um papel crucial para atender às demandas com eficiência e qualidade.

Para armazenar a água da maneira ideal para o consumo, é imprescindível conhecer as possibilidades disponíveis e entender o assunto de forma técnica. Sendo assim, neste post, você vai ver 4 tipos de reservatório de água e quando eles são utilizados. Continue a leitura e confira!

As aplicabilidades do reservatório de água

Os reservatórios de água são recipientes apropriados para utilização em diversos fins, como comércio, consumo humano, agricultura, indústrias e outras atividades. São sistemas hidráulicos essenciais para abastecer processos produtivos e irrigações, mesmo durante os períodos de seca.

Dessa forma, um reservatório de água bem dimensionado pode oferecer muitas possibilidades de uso, como armazenamento de água da chuva, que escoa em cursos d’água e recebe a água proveniente de poços artesianos, permitindo a distribuição de acordo com o perfil de uso.

Entretanto, para ter um reservatório de água ideal para os fins desejados, é essencial considerar as características do terreno, os objetivos de uso e a fonte de captação. Assim, o fornecimento do recurso será bem planejado e executado, proporcionando economia e eficiência.

Os 4 tipos de reservatório de água e quando são utilizados

Os reservatórios de água são classificados de acordo com o material com o qual são construídos e a capacidade de recebimento. Além disso, a posição em que são instalados no terreno também é critério analisado para cada tipo.

Nessa perspectiva, existem reservatórios superficiais ou enterrados no solo, que são atributos importantes para classificação do tipo de armazenamento. As condições do terreno e da fonte de abastecimento são determinantes para a escolha do reservatório.

Para entender melhor, veja os principais tipos de reservatório de água e quando utilizá-los!

1. Reservatório de PVC

Os reservatórios de Policloreto de Vinila – PVC são recipientes de alta resistência a ações mecânicas e químicas. Além disso, são leves e permitem instalações mais simples, sem a necessidade de realizar grandes obras ou adaptações.

As vantagens desse tipo de reservatório são:

  • facilidade para transportar;
  • facilidade para higienização;
  • montagem simples;
  • grande variedade de capacidade volumétrica.

O melhor momento para utilizar reservatórios de PVC é quando a prioridade é ter recipientes de fácil instalação e baixo custo, além de exigir capacidade volumétrica moderada, um local plano e reservado para evitar possíveis impactos no reservatório.

2. Reservatório de aço inox

Como o próprio nome sugere, os reservatórios de aço inox são produzidos em metal inoxidável, oferecendo resistência e proteção para a água. Além da resistência, são reservatórios que preservam bem a água e a mantêm mais fresca, desde que sejam instalados em locais cobertos.

Com o reservatório de inox, é possível contar com as seguintes vantagens:

  • resistência e baixa manutenção;
  • fácil de higienizar;
  • instalação simples.

A utilização dos reservatórios de aço inox é ideal para o consumo humano, ou seja, para atividades voltadas para a produção de alimentos ou bebidas. Também são eficientes para abastecer o consumo humano em residências, comércios e empresas.

3. Reservatório de poliéster reforçado

Os reservatórios de poliéster são reforçados com fibra de vidro e oferecem alta resistência a ações mecânicas, químicas e à corrosão. Além disso, eles possibilitam a produção personalizada, ou seja, com a capacidade desejada para atender a necessidades específicas.

As vantagens de utilizar esse tipo de reservatório são:

  • possibilidade de grande quantidade de água;
  • produção de acordo com a demanda;
  • flexibilidade para instalação;
  • módulos encaixáveis.

Sendo assim, os reservatórios de poliéster podem ser utilizados em situações que exigem maior capacidade de armazenamento, pois preservam bem a água, são extremamente resistentes e produzidos sob medida, requisitos que favorecem situações específicas.

4. Reservatório de concreto

Uma alternativa viável para situações que exigem grande demanda e capacidade de armazenamento, os reservatórios de concreto são resistentes e suportam grande quantidade de água, podendo ser construídos em formatos e dimensões distintas.

Os benefícios do reservatório de concreto são:

  • possibilidade de dimensionar de acordo com a necessidade;
  • resistência e durabilidade;
  • viabilidade de ser construído por sistemas pré-moldados.

Os reservatórios de concreto são ideais para propriedades que precisam de grande volume de água. No entanto, são necessários um maior investimento, um espaço amplo para construção definitiva e maiores cuidados com a manutenção e higienização, por ser uma estrutura de maior porte.

A importância da avaliação da funcionalidade do material

Para ter uma escolha apropriada e garantir a sua satisfação com o reservatório de água, você deve avaliar com cuidado cada alternativa. Dessa forma, além de evitar prejuízos, é possível ter soluções adequadas com a sua necessidade de uso para atingir os objetivos.

Nesse contexto, considere cada tipo e funcionalidade do material, as características do seu terreno, a forma de abastecimento e o planejamento das atividades para o futuro. Esses aspectos são decisivos para orientar suas decisões e escolher um reservatório perfeito.

Além disso, é importante salientar que o reservatório é apenas uma etapa de um sistema hidráulico, composto pelas fases de captação de água, armazenamento temporário, distribuição até os pontos de uso e, em algumas situações, tratamento e reutilização da água.

Sendo assim, o reservatório deve ser compatível com a captação e distribuição, evitando possíveis conflitos de capacidade e, assim, comprometer as suas tarefas. Ou seja, é necessário dimensionar todo o sistema de maneira adequada para contar com o reservatório correto.

Como você percebeu neste artigo, embora existam diversos tipos de reservatório de água, a escolha correta depende de diversos fatores. Portanto, faça uma boa análise e defina a alternativa que seja ideal para sua situação, de forma que ofereça a solução perfeita para a sua necessidade.

Gostou do post? Se deseja ver outros conteúdos relevantes sobre diversos assuntos, curta nossa página no Facebook e veja informações incríveis para aperfeiçoar seus conhecimentos de forma agradável!

Novidades

Cadastre-se na nossa newsletter
e receba notícias em seu e-mail

Selecione o assunto do seu interesse

    Banner Tanque Circular

    Materiais Gratuitos