Voltar para a página inicial

Planejamento financeiro para caminhoneiros: tudo que você precisa saber

Modificado em: maio 31, 2023

Lidar com dinheiro nem sempre é muito fácil, especialmente para quem está sempre nas estradas, sem muito tempo para pensar nisso. Ainda assim, o planejamento financeiro para caminhoneiros é fundamental, principalmente para aqueles que são independentes e não têm salário fixo.

Para ter a organização necessária. é fundamental identificar ganhos, despesas, custos de estar em viagem e, de forma geral, tudo que sai e entra da conta. Um caminhoneiro que tem suas finanças organizadas se preocupa menos, consegue custear todas as suas despesas pessoais e familiares, além de sempre poder planejar melhorias para sua vida.

Neste post, ajudaremos você, caminhoneiro, a ter um melhor controle do seu dinheiro e planejar a maneira como o investe. Veja as principais dicas e saiba como se organizar!

Qual a importância do planejamento financeiro para caminhoneiros?

O planejamento financeiro para caminhoneiros se faz ainda mais importante do que essa mesma estruturação para profissionais de outras áreas. A razão para isso se dá de várias maneiras, sendo as principais o fato de muitos motoristas serem independentes — e, além disso, o custo de vida nas estradas é mais alto do que o normal.

Esse duro trabalho longe de casa precisa ser valorizado, por isso, a organização com o dinheiro tem que ser rigorosa. É fundamental saber o quanto gasta e, principalmente, o que precisa ser honrado, especialmente em relação aos custos familiares e com o próprio caminhão.

Para que você entenda melhor como esse plano é fundamental, confira, a seguir, quais pontos mostram o peso de um planejamento financeiro executado da maneira certa!

caminhoneiro de sucesso

Trabalhar com metas e saber o quanto recebe

Uma das grandes dificuldades de quem não tem um salário fixo é definir o quanto é necessário naquele mês para manter as finanças em ordem. Há dois lados nessa situação: o mais positivo é trabalhar mais e ganhar bem acima do que é necessário, mas o lado ruim é perigoso, já que o caminhoneiro pode ficar com o rendimento abaixo do que ele precisa.

Diante desse risco, o planejamento financeiro é o que ajuda a ser preciso. O caminhoneiro passa a definir metas, ou seja, ele consegue exatamente saber o quanto precisa fazer naquele mês. Se ele entende que precisa tirar R$ 4 mil, sua dedicação será em fazer esse dinheiro como seu “salário”. Ser rigoroso é o que vai garantir pagar as contas e ainda guardar algum valor!

Poder dar suporte à família

A realidade de muitos caminhoneiros é passar dias e mais dias nas rodovias brasileiras, sempre longe de casa e com saudade da família. No entanto, a razão para estarem ali é justamente dar suporte em casa e garantir uma vida melhor a quem está os esperando. Por isso, o planejamento financeiro para caminhoneiros é fundamental para nunca deixar faltar nada em casa.

Com as finanças estruturadas, o trabalhador sabe exatamente o peso das despesas de casa. São as mais básicas: aluguel ou prestação de imóvel, alimentação, despesas escolares, tratamentos e custos médicos e a necessidade de criar um fundo de emergência. É fundamental sempre se organizar com o companheiro, para, então, estruturar seu dinheiro da melhor forma.

Cuidar de si próprio

O trabalho nas estradas é estressante e o pouco tempo que sobra nem sempre é dedicado a cuidar de si próprio. Doenças silenciosas e dificuldades físicas costumam ser um problema para caminhoneiros, justamente pela união desses fatores que são comuns às rotinas deles. O ideal mesmo é combater isso de forma inteligente, o que também exige investimento.

Custear consultas, exames, medicamentos ou, até mesmo, um plano de saúde não é barato. No entanto, quando o caminhoneiro consegue se organizar, fica mais fácil dedicar parte dos seus ganhos para esse tipo de despesa tão fundamental. Além de poder ajudar a família, por meio do planejamento financeiro é possível ter dinheiro para cuidar de si próprio.

Investir em sua melhoria

O transporte de cargas tem exigências muito específicas, que vão desde as obrigações da lei até a estrutura de caminhão adequada para cada tipo de volume. Com o tempo, os caminhões sofrem um desgaste natural por conta do impacto das cargas e também pelo uso frequente, o que ainda tem um peso maior devido à má conservação das rodovias nacionais.

Consequentemente, é sempre importante ter um caminhão pronto para o tranco, o que, às vezes, só é possível trocando de veículo. Para conseguir essa evolução, é necessário muita organização, basicamente, juntando dinheiro. O planejamento financeiro para caminhoneiros pode ajudar o trabalhador a conseguir melhorias, comprando um novo veículo quando for a hora certa.

Como funciona o planejamento financeiro para esses profissionais?

Por mais que não seja difícil entender a importância do planejamento financeiro para caminhoneiros, executar esse plano talvez complique um pouco mais. É natural não ter familiaridade, principalmente porque não é todo mundo que coloca tudo na ponta do lápis e se estrutura. A melhor forma de se organizar é ir por partes, pensando de forma estratégica.

O planejamento do caminhoneiro precisa considerar todos os seus custos, as despesas que ele tem no mês e, principalmente, o que ele recebe com seu trabalho. Com tudo devidamente organizado, é possível, até mesmo, criar um fundo de reserva emergencial ou para investir em um novo caminhão, como dissemos. Veja um pouco mais sobre como fazer esse planejamento!

Estruturação de despesas pessoais

Em primeiro lugar, defina todos os valores de suas despesas. É importante ser rigoroso e anotar tudo o que você gasta consigo mesmo, especialmente na estrada. Entram nessa conta alimentação, lazer, despesas com medicamentos, roupas e o que for necessário para você. Tudo que você gastar, até mesmo aquele cafezinho na estrada, precisa ser devidamente anotado.

Classificação de custos fixos

Os custos fixos são muito importantes, já que a maioria deles são constituídos por compromissos importantes que alguém tem, como um aluguel, uma conta de água, o IPVA do caminhão ou a escola das crianças.

Esses custos vêm em primeiro lugar, e a partir dessa diferença, você poderá saber o quanto pode gastar com outras necessidades menos importantes e também planejar o quanto vai guardar. Lembre-se: saber exatamente o quanto você tem de obrigações financeiras no mês é essencial!

Organização do fluxo de entrada de dinheiro

Também é importante saber tudo o que se ganha, pelo menos em média, no mês. Comece anotando aqueles clientes fixos que você já sabe que tem e o quanto receberá deles. Os trabalhos que surgirem posteriormente devem também ser devidamente registrados. Isso ajuda a fazer um balanço ao longo do mês para entender o quanto foi faturado.

Criação de um fundo de reservas e investimentos

Muitos trabalhadores pecam ao não construir um fundo de reserva financeira, mas o peso desse erro pode ser ainda maior para os caminhoneiros. As emergências surgem na vida de qualquer um, e se você for pego desprevenido, aí só restarão os empréstimos. Por isso, depois de direcionar dinheiro para seus custos fixos, separe uma parte para guardar. O ideal é 20% de tudo que ganha.

Quais as melhores práticas do planejamento financeiro?

O planejamento financeiro para caminhoneiros precisa ser feito junto de boas práticas. É uma questão de se acostumar, principalmente se esse trabalhador nunca se preocupou muito em organizar o dinheiro. Tudo passa por analisar os gastos, saber economizar e, definitivamente, mudar a forma de pensar em relação às finanças e de gastar seu dinheiro.

A seguir, veja como é possível implementar boas práticas para garantir que um bom planejamento financeiro seja estabelecido e, principalmente, que ele seja respeitado. Saiba o que é preciso fazer desde já e como sua família pode ajudá-lo nesse processo!

Corte despesas

É praticamente impossível falar de finanças sem passar pela necessidade de economizar. Despesas devem estar sempre sob análise e avaliação, já que sempre dá para gastar menos, mas é claro, com o que não é prioridade. Cabe a cada caminhoneiro avaliar seus hábitos e costumes e perguntar a si próprio de que maneira ele pode cortar gastos com coisas que não farão falta — e ainda renderão uma economia.

Faça uma reflexão: com o que você gasta mais do que deveria e sabe que poderia cortar? Cada um sabe de si e de suas necessidades, por isso, esse é um exercício que cabe a cada um. Nesse caso, proponha também o mesmo à sua família e a quem ajuda você a organizar as finanças da casa.

Saiba priorizar

Quais são as suas prioridades quando se trata de dinheiro? Se você é um caminhoneiro que não tem filhos e esposa, talvez seja mais fácil lidar com esse questionamento. Agora, se há pessoas que dependem do seu trabalho, as prioridades aumentam, e é preciso saber identificá-las.

Como já dissemos, moradia, alimentação, saúde e despesas principais para viver devem ser a prioridade. Por que comprar um celular de última geração, mesmo já tendo um bom, se você ainda nem pagou o aluguel do mês? O que é mais importante deve estar no topo da lista, e o seu dinheiro precisa ir primeiro para esses custos e despesas.

Evite compras a prazo

O cartão de crédito, indiscutivelmente, ajuda muito qualquer pessoa, mas também é preciso ter disciplina para lidar com a liberdade que esse recurso dá. Por si só, o fato de usá-lo requer muito cuidado e atenção quanto ao planejamento, porém, a possibilidade de realizar compras a prazo é o que torna ainda mais perigosa a relação com o cartão.

A questão é: evite ao máximo as compras a prazo! Se for necessário, junte o dinheiro e só então compre o que precisar. Várias pequenas compras parceladas podem se tornar uma verdadeira bola de neve. Utilize esse recurso só em último caso, por exemplo, se a sua geladeira está com problemas e você precisa de outra, mas não tem o dinheiro disponível. Aí, sim, vale a pena e é urgente!

Peça ajuda da família

Todo trabalho, quando dividido, pode ser muito mais facilmente executado. Essa é uma verdade que vale para qualquer área da vida, principalmente quando se trata de organização financeira. Sua família trabalha assim como você, contribui para o sustento da casa e, da mesma forma, precisa dividir a responsabilidade de manter o planejamento em dia.

É preciso conversar com todos para explicar essa necessidade de eles se envolverem no projeto de saúde financeira da família. Isso significa que eles precisam também seguir cada um desses passos de organização e controle do dinheiro. Assim, com a responsabilidade dividida, a mesma mentalidade será seguida por todos e o resultado será muito melhor.

Quais erros devem ser evitados ao fazer o planejamento financeiro?

O planejamento financeiro para caminhoneiros não é uma tarefa das mais fáceis e, durante esse trabalho, os erros vão aparecer. Há meses em que você vai gastar além do que pode e, em outros, poderá não ter o controle adequado de todas as suas despesas. Você não estará livre disso, mas o que importa é o quanto saberá se controlar e retomar o caminho da responsabilidade.

A maneira que podemos ajudar você a evitar esses erros é justamente apontando quais tipos de atitudes e práticas o levarão a perder o controle do dinheiro. Por isso, confira, a seguir, o que mais poderá causar problemas e entenda o que você deve evitar a qualquer custo para não perder sua organização financeira.

Ser flexível demais

Administrar dinheiro requer rigor, por mais que pareça difícil encarar essa realidade. Pensar que sempre pode gastar um pouco mais do que o previsto, fazer uma outra compra parcelada ou deixar para guardar dinheiro só no mês que vem são algumas das armadilhas em que se cai facilmente. O problema é que essas exceções abrem espaço para que cada vez mais elas se repitam.

Além de tornar atitudes ruins recorrentes, ser flexível demais ainda permite que outros maus costumes voltem a se tornar realidade na sua vida. Portanto, sempre que achar que é hora de flexibilizar sua relação com o dinheiro, pense nas consequências, lembre-se de suas prioridades e tenha em mente que você não pode abrir mão da tranquilidade por causa de impulsos.

Não construir uma reserva de emergência

O alívio de ter as contas pagas é realmente muito gratificante, e, para qualquer um, é uma verdadeira sensação de dever cumprido. Porém, ainda que seja ótimo, você sabe que pode ir além ou, pelo menos, está aprendendo isso durante a leitura deste conteúdo. Tão bom quanto cumprir com seus compromissos é ter a segurança de que poderá lidar bem com qualquer imprevisto.

Abrir mão da reserva de emergência pode ser um grave erro. E se a lona do caminhão rasgar? E se o caminhão enguiçar e você precisar trocar peças? Sem dinheiro guardado, o prejuízo cresce e você pode se complicar financeiramente. Reservas ajudam a manter tudo em ordem, tanto na vida profissional quanto na pessoal.

Fazer novas dívidas sem quitar antigas

Lembra da bola de neve? É fácil conseguir a sua própria se não houver muita responsabilidade na hora de entrar em novas dívidas, sejam elas pequenas ou grandes. Lembre-se que dívidas não representam desorganização, pelo contrário, comprar um novo caminhão ou um imóvel é sinal de investimento. O problema é quando uma dívida vem sem a outra ter terminado!

É claro que você pode acumular mais de uma, porém, isso deve ser feito com muito estudo e diante de muita reflexão sobre como elas serão quitadas. Portanto, se você não está com dinheiro sobrando, evite começar um novo investimento de grande porte se outro não acabou. Quanto às compras pequenas, aí é mais fácil ainda esperar o tempo certo, já que não se trata de prioridade.

Não conhecer seus custos a fundo

Esse é um erro bem comum e que não se trata de falta de dedicação ou de responsabilidade. Acontece que a mudança para uma mentalidade de organização financeira tem alguns momentos de instabilidade, já que envolve muitos detalhes. Um deles é o hábito de saber cada centavo que é gasto — o que nunca foi feito antes, então, acaba, realmente, por gerar certa dificuldade.

Alguns hábitos de despesas são tão naturais que nem mesmo pensamos neles ao registrar tudo o que gastamos no mês. Por exemplo, o caminhoneiro que fuma pode se esquecer de anotar cada maço de cigarro que ele compra. O problema é que esses custos podem ser altos e realmente impactarem o orçamento. É fundamental ser rigoroso e anotar todas essas despesas, sem esconder nada!

Quais ferramentas podem ser utilizadas para criar o planejamento financeiro?

Um planejamento financeiro para caminhoneiros pode ser feito com recursos que ajudem a facilitar essa estruturação e controle do dinheiro — afinal, de cabeça, é praticamente impossível saber todas as despesas, controlar o dinheiro que sai e ainda saber o que entra. Você não precisa fazer isso, principalmente porque hoje há muitas ferramentas que são feitas para auxiliar.

A tecnologia permitiu que aplicativos e programas fossem desenvolvidos para ajudar o trabalhador a controlar para onde vai o seu dinheiro e quanto ele tem em conta, fazendo isso em tempo real. A seguir, confira as principais ferramentas que vão aliviar a dificuldade dessa missão.

Aplicativos de controle financeiro

Para quem já é adepto da tecnologia e está habituado a aplicativos, não há outra opção melhor! Esses softwares que você acessa pelo celular ajudam a categorizar seus gastos, anotar o quanto recebe, emitem alertas para o dia de pagamento das despesas e ainda controlam tudo em tempo real. Para isso, basta que você insira seus dados financeiros de controle pessoal.

Há aplicativos gratuitos e outros pagos — esses últimos com um número maior de funções, que ajudarão no planejamento financeiro de caminhoneiros. Se você se interessou, aí vão algumas sugestões dos mais utilizados atualmente:

  • Mobills (Android e iOS);
  • Monefy (Android e iOS);
  • Minhas Economias (Android e iOS);
  • GuiaBolso (Android e iOS);
  • Organizze (Android e iOS).

Aplicativos de banco

Os aplicativos de banco também são muito úteis para ajudar os correntistas a controlarem de maneira fácil cada valor que sai ou entra da conta do usuário. Eles mostram essa movimentação em forma de lista e apontam qual foi o gasto ou qual é a origem do dinheiro que entrou.

Por meio desses aplicativos, também é possível realizar transferências, pagar contas de todos os tipo, movimentar a poupança associada à conta e ainda controlar o cartão de crédito. Hoje, todos os bancos têm seu próprio aplicativo, então, certamente, você não terá problemas em baixar o seu e começar a usá-lo para controlar suas finanças.

Planilhas

Mais simples, porém muio eficientes, as planilhas ainda são um recurso tecnológico muito usado. O funcionamento é simples e consiste em anotar todos os gastos e todas as entradas financeiras. Automaticamente, o cálculo é feito e você pode acompanhar a diferença de dinheiro restante. No entanto, é importante sempre manter essa planilha atualizada, anotando tudo o que gasta.

Anotações simples

Se você não lida muito bem com tecnologia, tudo certo! Não é por isso que não poderá ter um planejamento eficaz e responsável. Anotar em um caderninho não é problema algum, principalmente se você prefere assim.

Faça uma lista com tudo o que recebe e uma outra com seus custos, despesas e os gastos que surgirem ao longo do mês. Assim, você acompanha o fluxo do dinheiro da melhor forma!

Como economizar dinheiro nas estradas?

A vida nas estradas é corrida e nem sempre dá para pensar em como ser mais econômico durante essa rotina diária. Vamos tentar ajudá-lo, justamente, sugerindo alguns hábitos e práticas bem simples e pontuais, mas que podem fazer uma diferença grande nas suas finanças. Você pode começar por algumas atitudes como:

  • faça suas paradas em locais que costumam ter os melhores preços;
  • leve de casa alguns suprimentos básicos de alimentação, como garrafas térmicas com água;
  • divida alguns custos com outros amigos caminhoneiros, isso pode gerar uma economia para todos;
  • evite cair na tentação de comprar tudo que você vê de ambulantes nas rodovias;
  • sempre que tiver uma parada, aproveite o tempo para atualizar suas anotações financeiras;
  • comunique-se com caminhoneiros para saber quais postos vendem o combustível com melhor preço;
  • feche parcerias com comerciantes da estrada, dando preferência a eles em troca de melhores preços;
  • opte por comprar produtos de qualidade, já que eles duram mais e você não precisa comprar novamente em pouco tempo. Um bom exemplo é a Vinilona da Sansuy.

Estabelecer um planejamento financeiro para caminhoneiros é muito mais fácil do que passar dias na estrada longe de casa. Encare essa organização como um desafio mas, principalmente, como uma oportunidade de ter mais tranquilidade com o seu dinheiro e encará-lo de outra forma. Certamente, a sua vida vai mudar bastante.

Gostou deste conteúdo? Assine nossa newsletter e receba mais diretamente no seu e-mail!

Novidades

Cadastre-se na nossa newsletter
e receba notícias em seu e-mail

Selecione o assunto do seu interesse

    vinilona_cinza_20_2_1

    Materiais Gratuitos