Voltar para a página inicial

Dia do Agricultor: qual é a importância de comemorar a data?

Modificado em: maio 31, 2023

O Dia do Agricultor é comemorado em 28 de julho, como uma maneira de homenagear o trabalho e a dedicação desse profissional que tem na agricultura não apenas uma carreira, mas um estilo de vida. Então, que tal aprender um pouco mais sobre esse assunto?

Seja no campo, seja nas cidades, todos dependemos da atividade agrícola. Responsável pela produção de alimentos e outros insumos cruciais para a manutenção da nossa sobrevivência, essa é uma atividade existente em todo o território nacional. E deve ser valorizada.

Quer saber mais sobre como surgiu essa homenagem ao agricultor? Então, continue a leitura e aproveite!

O Dia do Agricultor é em 28 de julho

Que o Dia do Agricultor é comemorado no dia 28 de julho, você já sabe. Mas você tinha ideia de que essa data havia sido instituída pelo nosso então presidente, Juscelino Kubitschek? Pois é, o responsável pela república aproveitou a data do centenário do Ministério da Agricultura para determinar o dia de homenagear o profissional agricultor.

O primeiro Dia do Agricultor foi comemorado em 1960. Houve até mesmo um decreto aprovando a data como oficial para celebrar e prestar as devidas homenagens a quem dedica a vida à atividade. Além disso, a agricultura foi considerada uma das grandes responsáveis pelo crescimento econômico do país, o que continua acontecendo até hoje.

A data foi instituída como uma tentativa de reconhecer os esforços e o trabalho incansável de milhares de brasileiros que tiram da terra não apenas o seu sustento, como o fornecimento de alimentos que põem na mesa de muitos brasileiros. Além disso, é claro, movimenta o dinheiro do país e promove o seu desenvolvimento.

O dia escolhido para a comemoração coincide com o final da colheita. O período é propício tendo em vista que os agricultores e suas famílias podem fazer essa pausa necessária e merecida para participar das celebrações desse marco tão especial.

A agricultura move o Brasil

A agricultura é uma das principais atividades econômicas brasileiras. Seja pela enorme extensão territorial do país, seja pelo clima favorável para o desenvolvimento de diversas culturas, a atividade é mesmo uma das bases nacionais.

O profissional agrícola faz parte da história do país, principalmente no que diz respeito à subsistência da população. Primeiro, os produtores supriam as necessidades das famílias locais. Hoje, a atividade está tão expandida que pode até ser exportada para outros países.

Diferentemente do que acontecia na era da monocultura, hoje o Brasil descobre novas formas de produzir de forma rentável e sustentável, essencialmente por meio da diversificação. Além disso, sistemas integrados de produção também têm ganhado a confiança e a aprovação de muitos agricultores para aumentar a produtividade na agricultura de forma ecológica.

Entre os principais produtos cultivados em território nacional, estão:

  • algodão;
  • arroz;
  • café;
  • cana-de-açúcar;
  • feijão;
  • milho;
  • soja;
  • tabaco.

Mas não esqueça que não se trata apenas dos grandes produtores e exportadores. Os agricultores familiares, os pequenos produtores que atuam no interior do seu município, são também grandes contribuintes para a manutenção da economia local.

Até mesmo os produtores urbanos entram na lista dos homenageados, promovendo a agricultura de qualquer canto e fomentando o cultivo equilibrado e sustentável de alimentos.

Os impactos da agricultura no país

Tanto em uma estufa agrícola, como nas lavouras, a agricultura é uma das grandes responsáveis pelos avanços da economia brasileira. Quer saber como a agricultura e a dedicação do agricultor vêm transformando a nossa realidade? Então, é melhor ficar ligado nesses impactos!

Produção de alimentos para toda a sociedade

O produtor rural não produz alimentos apenas para a sua família, nem só para a comunidade local. Muitas fazendas escoam suas produções para as grandes cidades e, dependendo do volume de produção, até exportam para outros países. Graças a isso, os supermercados e a mesa dos brasileiros têm alimentos frescos e seguros para o consumo.

Fornecimento de matérias-primas para a industrialização

A agricultura também está fornecendo constantemente uma enorme quantidade de matéria-prima para a indústria. A maior parte é destinada à indústria alimentícia, mas também existem outros setores se beneficiando desse trabalho, como o segmento têxtil.

Geração de empregos

O agro gera empregos, especialmente na agricultura. Muitas pessoas estão voltando a procurar propriedades rurais onde possam morar e trabalhar, buscando mais qualidade de vida e um ritmo diferente para a sua rotina. Hoje, grande parte dessas pessoas está sendo empregada nas lavouras e na produção agrícola.

Além disso, existem ainda aqueles empregos indiretos, principalmente os relacionados ao desenvolvimento de tecnologia para a agricultura. São desenvolvedores de softwares, funcionários de escritório, operadores de dispositivos tecnológicos e, até mesmo, empreendedores que iniciam suas agrotechs.

Desenvolvimento da economia, geração de riqueza e aumento das exportações

A agricultura está entre os pilares de desenvolvimento brasileiro. Seu potencial exportador é absurdo. Em 2020, por exemplo, a exportação de produtos agrícolas brasileiros superou os US$ 101 bilhões. E esse número cresce a cada ano.

Com toda essa entrada de dinheiro de terceiros na economia brasileira, o desenvolvimento se torna muito mais real e palpável, gerando riqueza e qualificando nossos processos internos. Não é à toa que o Brasil está sempre no mapa internacional de exportação/importação.

Promoção da sustentabilidade

Todo agricultor que produz em sinergia com a terra sabe que é preciso investir constantemente em melhorias. Cuidar do meio ambiente é uma das prioridades entre esses aprimoramentos. Por isso, novos sistemas e tecnologias são constantemente desenvolvidos, seja para aumentar a precisão na gestão das lavouras, seja para elevar a produtividade a outro nível no campo.

Para não prejudicar nem poluir o solo, muitos agricultores estão abrindo seus horizontes para a integração de outras atividades, como pecuária e silvicultura, tudo em uma mesma área. Desse modo, nossos produtores não estão apenas plantando alimentos, mas cuidando de um ecossistema inteiro que beneficia plantas, floresta, animais, o solo e até a água.

Frente a tudo isso, fica fácil entender por que o Dia do Agricultor é tão comemorado. Ele é um parceiro estratégico entre as necessidades e os deveres que os seres humanos têm em relação ao planeta. Em outras palavras, precisamos tirar alguns recursos da terra, mas também temos a obrigação de cuidar dela. E ninguém melhor que o agricultor para entender esse mecanismo.

Agora que você já sabe disso, está na hora de contar com a Sansuy para facilitar o trabalho do agricultor. Conheça nosso catálogo de produtos agro!

Novidades

Cadastre-se na nossa newsletter
e receba notícias em seu e-mail

Selecione o assunto do seu interesse

    Banner Tanque Circular

    Materiais Gratuitos