Cadastre-se e receba novidades  
Selecione o assunto de seu interesse:
Enviando sua inscrição  
Loading...
Soluções para o Agronegócio

Vinibiodigestor: tire todas as suas dúvidas

vinibiodigestor

Soluções com foco em sustentabilidade no agronegócio têm ganhado o mercado cada vez mais nos últimos anos, por isso empresas têm investido em equipamentos, como o biodigestor. Diante disso, a Sansuy, com seus mais de 54 anos de experiência na produção de soluções em PVC e laminados flexíveis e também trouxe ao mercado o Vinibiodigestor.

Com uma proposta baseada em reaproveitamento estratégico de recursos, o produto tem chamado atenção pela forma como gera vantagens, como redução de custos e uma criação mais saudável de animais. Para os produtores, investir no Vinibiodigestor pode ser uma excelente forma de obter resultados potencializados através do reaproveitamento dos recursos naturais contidos na biomassa.

Neste post falaremos mais sobre o Vinibiodigestor da Sansuy e de que maneira ele pode ser útil para o agronegócio. Confira!

O que é um biodigestor?

Biodigestores são estruturas baseadas em sustentabilidade na agricultura, focadas em transformar resíduos e dejetos provenientes da atividade rural e agroindustrial em recursos que podem ser usados no campo, como o biofertifertizante e biogás por exemplo. Tradicionalmente, um biodigestor é um grande compartimento fechado que degrada a materia orgânica resultante  da exploração agrícola e pecuária.  .

Esse ambiente fornece as condições propícias a um grupo especial de bactérias responsáveis pela digestão anaeróbicas com a função de acelerar o processo de decomposição da biomassa evitando o descarte no solo, em rios e em afluentes. Após o processamento feito dentro dessa estrutura, todo esse resíduo proveniente das criações de gados, porcos, entre outros animais, podem ser transformados em energia ou em fertilizante para o solo.

Além da atividade animal, o biodigestor também atende adequadamente resíduos vegetais, como restos de plantas, de vegetais, folhas, entre outros tipos. Tudo que se encaixa na classificação de resíduo biológico pode ser processado dentro do biodigestor, uma vez que as bactérias utilizadas são capazes de processar o conteúdo.

O processo no biodigestor

É importante destacar que o uso de um biodigestor, como o Vinibiodigestor da Sansuy, é parte de um processo que precisa ser devidamente estruturado. Os resíduos precisam ser transportados regularmente para a estrutura que fará o processamento, ou seja, é necessário que haja um trabalho de coleta e de transferência desse material, algo que demanda disciplina e planejamento.

Quando já estão no biodigestor, esses resíduos serão processados gradativamente, por meio da decomposição que será proposta com a presença de bactérias anaeróbicas. Esses microorganismos serão responsáveis por decompor todo o volume de matéria-prima orgânica levada à estrutura, dando origem a um processo chamado de digestão anaeróbica.

Essa atividade acontece em uma estrutura tradicional de biodigestor que tem, basicamente, um recipiente que abriga toda essa matéria-prima. É importante destacar que o ambiente é totalmente fechado, quase como uma estufa, a fim de evitar a entrada de ar atmosférico, o que poderia tornar o processo de digestão mais lento, ou até mesmo impedir que ele seja feito.

Geralmente, o uso desse sistema de digestão é feito para produzir biogás, o que demandaria um compartimento de armazenamento desse conteúdo, além do biofertilizante, o que exigiria uma outra estrutura de recepção e e armazenamento do material digerido.

A descarga feita para esses dois possíveis compartimentos deve ser estruturada com todo cuidado, em processo conduzido por profissionais especializados. Isso evita que haja possíveis perdas durante as etapas de transferência do resultado da digestão aos seus respectivos compartimentos de armazenamento.

Quais são as aplicações de um biodigestor?

O Vinibiodigestor é presente em diversas frentes, uma vez que o processo de digestão que as bactérias executam pode ser projetado para vários resíduos. Além da possibilidade de processar diferentes tipos de resíduos das atividades agrícolas, há dois produtos principais que podem ser obtidos: o biogás e o biofertilizante.

Além da obtenção desses produtos, o biodigestor também pode ser aplicado com propostas de manutenção do meio ambiente, garantindo um ambiente de produção mais saudável. Entenda mais sobre como utilizar essa estrutura e o que ela pode trazer como resultados.

Produção de energia renovável

A busca por energia limpa no campo é uma das tendências mais importantes que surgiram nos últimos anos, algo impulsionado pela proposta de sustentabilidade. O biodigestor pode ser um grande aliado na obtenção dessa energia, fazendo com que ela seja gerada a partir do resíduo de matéria-prima.

Isso é possível, pois o processamento feito pelas bactérias, libera dois gases principais: o dióxido de carbono e o metano. Esses, quando devidamente processados, dão origem ao que conhecemos como o biogás, que pode ser utilizado para ser gerador de energia elétrica ou fonte de biometano.

Assim, ao manter um biodigestor, o produtor do campo tem uma fonte inesgotável de energia, graças ao biogás. Toda a sua atividade seguirá gerando mais matéria-prima, permitindo que o processo no biodigestor resulte no combustível renovável, economizando consumo de energia elétrica feita por meios convencionais.

Tratamento de efluentes e saneamento

Indiscutivelmente, a produção do agronegócio implica na geração de grandes volumes de resíduos com alta carga orgânica, sejam dos compostos utilizados, sejam de dejetos da criação animal. Muitas vezes, o descarte não adequado causa a contaminação da água e do solo.

Esse é um problema que muitos produtores precisam enfrentar, uns por não terem acesso a equipamentos adequados de tratamento, outros por completo desconhecimento sobre as tecnologias, como o Vinibiodigestor. Com ele, é possível reduzir esse descarte inadequado proveniente das atividades rurais.

A falta do saneamento desses resíduos pode resultar na presença de moscas, gerar fortes odores no campo e tornar o ambiente atrativo para bactérias e doenças. Com uma estrutura de biodigestor, todo esse material de descarte pode ser processado adequadamente, mantendo o ambiente limpo e conservando o meio ambiente, garantindo solo e água próprias para a atividade de campo.

Produção de biofertilizante

Além da liberação de gases, a digestão que as bactérias anaeróbicas executam também geram um composto líquido, que é uma fonte de nutrientes natural que pode ser amplamente utilizada na atividade da agricultura. Assim, como produto final, o biodigestor também gera esse biofertilizante que pode substituir o fertilizante químico.

Além de ser um fertilizante natural altamente eficaz, esse composto também funciona como um material capaz de melhorar o pH e aumentar a capacidade de drenagem do solo, o que evita perdas por erosão. Assim, com um terreno mais fértil e saudável, os resultados com a plantação tendem a serem potencializados.

Quais são os benefícios para o meio ambiente?

Um biodigestor tem aplicações que geram uma relação mais sustentável para o negócio, com o reaproveitamento como principal ponto. Nessa entrega, além de economia de custos, há também a redução de impactos negativos da produção no meio ambiente. São vantagens que, além da menor agressão ao campo, também possibilitam mais ganhos à produção, de maneira geral.

O agronegócio depende diretamente de recursos naturais, mas a exploração sem cuidados resulta, muitas vezes, na escassez dos mesmos. Para manter esse aproveitamento a longo prazo, de maneira sustentável, é preciso ter cuidados e práticas que garantam continuidade responsável na exploração de recursos e do campo.

A seguir, entenda como um biodigestor pode proporcionar vantagens e impactos positivos ao meio ambiente, mudando a forma como a rotina no agronegócio é conduzida!

Menor exploração de recursos

Para manter uma produção do agronegócio funcionando é necessário ter recursos que garantam um bom trabalho. O grande problema é que, em muitas vezes, esses recursos são buscados na natureza, sem que haja um trabalho de preocupação pelo nível de exploração. Um bom exemplo é a busca de lenhas para manter aquecedores funcionando adequadamente.

Se há uma exploração irresponsável, é difícil que o meio ambiente consiga entregar esse recurso na mesma quantidade sempre, o que gera uma relação de pouca sustentabilidade. Com um biodigestor, por exemplo, é possível trocar a lenha por aquecedores a gás, tendo então como principal combustível o biogás produzido.

O recurso utilizado é reutilizável e é produzido a partir dos descartes e resíduos das produções. Esse biogás também pode ser utilizado em:

  • fogões domésticos;
  • iluminação;
  • Combustível para motores;
  • motobombas;
  • sistemas de chocadeiras e incubadeiras;
  • geradores;
  • caldeiras.

Energia reutilizavel e pouco agressiva

A energia reutilizável gera economias que fazem muita diferença para os investimentos da atividade. Além disso, há uma relação de consumo de energia elétrica muito melhor controlada, reduzindo as contas e quanto elas geram às finanças da produção. Por si só, essa já é uma grande vantagem, mas é preciso avaliar a questão do meio ambiente.

O consumo de energia elétrica está associado à exploração de recursos, como a água, então se ela é reduzida, já há impactos positivos à natureza. Além disso, o uso do biogás como combustível é um outro ponto de grande importância, uma vez que o processo de combustão com ele é muito menos agressivo ao meio ambiente.

Redução da emissão de poluentes completa essa relação custo-benefício interessante, levando as atividades de produção a um estágio muito positivo.

logística no agronegócioPowered by Rock Convert

Redução do descarte de resíduos e reaproveitamento

Os resíduos, em qualquer área da produção do campo, são resultados do trabalho e, comumente, precisam ser descartados. São materiais que vão desde sobras de insumos até dejetos de animais, algo muito comum. O problema principal é que, muitas vezes, esse descarte é indevido, gerando poluição da água, contaminação do solo, além de problemas de saneamento.

Quando o produtor estrutura um sistema biogidestor, como o Vinibiodigestor, ele garante que todo o resíduo, em vez de descartado, seja reaproveitado. Ao mesmo tempo, dois problemas são resolvidos: os riscos de contaminação e de acúmulo de material biológico que poderia ser prejudicial é encerrado, enquanto tudo isso pode ser transformado em recursos reaproveitados.

Menos custos com recursos básicos

Com a capacidade dos biodigestores em gerar recurso pronto para uso, há consequentemente uma economia muito vantajosa, especialmente na aquisição de produtos recorrentes. O único investimento principal é o da compra da estrutura de biodigestor e da instalação, além das eventuais manutenções que precisam ser feitas com o passar do tempo.

Essa economia com recursos vem, imediatamente, por meio da dispensa de compra de fertilizantes e com a compra de combustíveis que seriam usados em maquinários do campo. Com o biogás e o biofertilizantes gerados a partir dos resíduos da produção, há uma economia mensal grande e que, rapidamente justificam o investimento na estrutura do biodigestor.

Como o Vinibiodigestor funciona?

O Vinibiodigestor, biodigestor da Sansuy, é um produto projetado para ser uma estação capaz de promover o tratamento de resíduos em prol de energia sustentável para o campo, além de economia de custos. Investimentos e despesas do cotidiano de produção estão diretamente ligados à capacidade de reaproveitar recursos, ainda que em um primeiro momento eles pareçam descarte.

O Vinibiodigestor é uma ampla estrutura completamente fechada, justamente para promover  um ambiente propicio a interação dos microrganismos. Ele pode ser modulado em diversas células, mas sempre respeitando o volume de entrada a qualidade da biomassa e o tempo de retenção hidráulica necessário.

Dentro desse espaço, os resíduos são processados, mas para chegar até lá, é necessário que haja um sistema de tubulação que conecte o local de descarte até o biodigestor. Por exemplo, se esses resíduos vêm de uma atividade animal, é fundamental ter um sistema de tubulação que se inicie na área em que esses animais são criados até o Vinibiodigestor. Assim, os resíduos passam o menor tempo possível em contato com o solo ou a céu aberto.

Ao chegar ao Vinibiodigestor, eles serão processados pelas bactérias gradativamente, em uma atividade contínua, que precisa apenas de monitoramento. Assim, é fundamental que haja um profissional destacado para a função, tendo a qualificação necessária e que conheça todo o sistema de biodigestão.

Frequentemente, ajustes, reparos e manutenções serão necessárias, por isso é importante ter uma equipe preparada para lidar com qualquer urgência ou com trabalhos planejados. No mais, o sistema de processamento dos bioresíduos é bastante simples.

As características estruturais do Vinibiodigestor

O Vinibiodigestor é uma estrutura que tem as características tradicionais da Sansuy, graças aos materiais que são utilizados em sua construção. As escolhas foram feitas pensando em algumas bases como vida útil estendida, resistência e facilidade na montagem do biodigestor. Isso tudo pode ser aplicado em qualquer terreno, o que torna o produto altamente versátil.

O revestimento do Vinibiodigestor é feito com a geomembrana de PVC, o que garante maleabilidade para facilitar a instalação, mas garantindo também resistência. A confecção desse material é em dupla camada, o que permite resistência para lidar com ventos, chuvas, poeira, sol forte e qualquer intempérie.

O processo de instalação

O processo de montagem da estrutura é feito a partir de uma escavação do solo para fixar o revestimento do Vinibiodigestor. Para garantir que as paredes se mantenham fortes e sólidas, há um revestimento com geocomposto de PVC que é aplicado, garantindo flexibilidade, ao mesmo tempo oferece a sustentação necessária.

A parte superior do Vinibiodigestor é confeccionada com a Vinimanta de PVC Sansuy que é capaz de inflar, o que dá a essa estrutura o estilo de tenda, como uma verdadeira estufa. Mais do que a questão estética, é necessário chegar a esse resultado para garantir que os gases provenientes da atividade anaeróbica sejam armazenados. É a partir daí que o biogás poderá ser transferido sua utilização ou armazenamento.

Além da estrutura do biodigestor, propriamente dito, é necessário também, como você já viu, que haja toda a tubulação que fará a transferência dos resíduos de uma parte para a outra.

Quais são os diferenciais do Vinibiodigestor da Sansuy?

Entre os melhores biodigestores do mercado, não há dúvida que o Vinibiodigestor da Sansuy é um dos líderes, muito pela grande experiência da empresa na confecção de soluções para o agronegócio. A fórmula para esse sucesso, nesse produto específico, é a entrega de personalização do projeto combinado com a qualidade na estrutura que gera uma vida útil estendida.

Há alguns diferenciais que colocam a Sansuy como a principal fabricante de biodigestores atualmente, e você confere as principais a seguir!

Confecção em diversos tamanhos

Uma das premissas da Sansuy é atender o cliente da melhor forma possível, dentro de suas necessidades em relação aos produtos. Para isso, quando se trata do Vinibiodigestor, a empresa oferece a possibilidade de confeccionar a estrutura em qualquer amplitude, de acordo com a área e o tamanho do sistema.

Cada produção tem uma necessidade específica, além das limitações em relação ao espaço. O Vinibiodigestor pode ser aplicado em qualquer negócio, mesmo os menores, que não têm tanta demanda de trabalho, Quando esse é o caso, basta que o cliente informe à Sansuy as suas exigências em relação a tamanho, permitindo uma confecção sob medida

Quem tem uma instalação de grande porte, com uma demanda bem mais alta, pode solicitar junto à Sansuy um produto que seja capaz de suprir essas necessidades. A geomembrana de PVC atende muito bem grandes áreas, principalmente pela sua flexibilidade.

Projetos para cada tipo de exigência

Há diferentes tipos de projetos de biodigestores, isso porque eles podem atender às necessidades que cada cliente tem para a sua produção. Alguns produtores, por exemplo, precisam somente da produção de biofertilizantes, mantendo os dejetos devidamente recolhidos e sendo convertidos em material útil para a plantação. Em produções pequenas, nem sempre o biogás é utilizado.

Há possibilidades distintas, como a estruturação de biodigestor para fecularias. É uma categoria específica de atividade, o que demanda um sistema adaptado à rotina. Ele se diferencia um pouco de outras propostas mais comuns, como os biodigestores voltados para propriedades dedicadas à criação de boi e porco, mais comumente.

Independentemente da produção e da amplitude de tratamento realizada nesse sistema, a Sansuy é capaz de oferecer aos seus clientes toda a estruturação de Vinibiodigestor.

Potencialização do trabalho com a Vinimanta

A Vinimanta é mais um produto de grande adesão do mercado produzido pela Sansuy. Se trata de um revestimento de PVC voltado para construir lagos artificiais para criações de aquicultura e também pode ser utilizada no setor de construção civil como revestimento. .No entanto, ele também pode ser aplicado como parte da estrutura de um biodigestor, já que seu principal destaque é o fato de ser impermeável, algo essencial nesses projetos.

Essa Vinimanta pode ser usada para dar origem aos reservatórios de biofertilizante, garantindo que não haja nenhum desperdício. Assim, se o produtor não optar por tanques fechados para a estocagem da parte líquida do resultado do processamento da biomassa, ter uma lona impermeável é a melhor opção.

Assistência técnica em todo território nacional

Nem sempre o processo de instalação ou de uso da estrutura sairá como o cliente espera, e dificuldades são comuns nesse processo. Para reduzir o tempo aplicado e evitar frustrações, a Sansuy oferece assistência técnica em todo território nacional. Não importa onde o cliente esteja, um representante qualificado irá à produção para auxiliar em qualquer questão.

Os profissionais que trabalham na fábrica da Sansuy são destacados para oferecer essa visão de especialista, o que garante que o problema em questão seja solucionado da melhor maneira possível. A qualquer momento, independentemente do tempo da compra, o cliente pode solicitar suporte da Sansuy para lidar com o Vinibiodigestor.

Economia de custos e sustentabilidade são dois importantes pilares do agronegócio, e ambos podem ser contemplados com o uso do Vinibiodigestor, Reaproveitar matéria-prima e garantir um ambiente com maior saneamento é essencial, especialmente se isso também gera uma exploração responsável de recursos e a redução do descarte de resíduos na natureza.

Gostou da ideia do Vinibiodigestor? Entre em contato com a Sansuy e saiba mais sobre o produto!

ebook-hidroponiaPowered by Rock Convert