Voltar para a página inicial

Tubo de ventilação: entenda sua importância e aplicação na construção civil

Modificado em: maio 31, 2023

O tubo de ventilação, como o próprio nome indica, é responsável levar oxigênio puro para os trabalhadores, retirando gases que são nocivos do interior da mina, removendo o calor que é produzido pelas máquinas e resultante das movimentações dos colaboradores.

Outra função é manter um determinado controle da temperatura, visando a um maior conforto aos profissionais durante a execução da obra. Quer saber mais sobre esse assunto? Então, continue a leitura e não perca!

Por que e onde utilizar o tubo de ventilação?

O tubo de ventilação é um recurso muito utilizado construção civil, desde obras simples, como edificações residenciais e comerciais e instalações hidrossanitárias, até as mais complexas, como as subterrâneas.

Neste caso, o objetivo é levar ar puro para as minas, túneis e galerias a fim de proporcionar melhor condição de trabalho, prevenir explosões e também possíveis reações de acúmulo de gases e pós explosivos.

Em obras desse tipo, é essencial que os tubos de ventilação sejam mantidos em observação constante por parte dos responsáveis, possibilitando que manutenções e ajustes sejam realizados quando necessário e que o funcionamento se mantenha adequado.

Essa é uma das etapas mais complexas em um projeto subterrâneo e envolve estudo, análise, instalação dos tubos ventiladores, a verificação constante deles e eventuais manutenções. Tudo isso precisa ser realizado de forma minuciosa e detalhada.

Quais são os tipos de ventilação?

Existem diferentes tipos de ventilação que podem ser utilizados nas obras civis convencionais ou subterrâneas. Abaixo, veja quais são.

Natural

Como o próprio nome indica, ocorre por meio de processos naturais. Um exemplo comum é a ventilação presente nas instalações hidrossanitárias de edificações comerciais e residenciais.

Principal

O funcionamento da ventilação principal consiste na presença de ventiladores que são posicionados e direcionados com o intuito de forçar o ar por meio de um circuito principal, o qual é formado por galerias que possibilitam a condução de ar de qualidade e em boa quantidade para o ambiente de trabalho e a saída do impuro por meio de retorno.

É importante destacar que durante esse caminho de deslocamento, o ar precisa superar as resistências presentes. Outros equipamentos presentes são os reguladores, os quais podem ser tapumes, paredes e pontes.

Secundária

Já o funcionamento se dá por meio de ventiladores, exaustores e dutos que realizam o transporte do ar puro, passando por todos os painéis e frentes de trabalho. O objetivo desse tipo de ventilação é auxiliar a respiração dos trabalhadores e diluir os gases que podem ser nocivos quando aspirados em grande quantidade.

Auxiliar

É utilizada para ventilar galerias que ainda estão em desenvolvimento ou reforçar determinadas partes de um circuito de ventilação principal que tenha baixa entrada de ar.

Como é definida a ventilação de uma obra subterrânea?

Na hora de definir a ventilação, em primeiro lugar, é necessário realizar um cálculo que permite compreender qual a necessidade de ar durante a execução serviço. Para isso, a vazão de ar fresco é o parâmetro principal, uma vez que essa será a quantidade insuflada para as áreas de trabalho.

Outras variáveis importantes são: quantidade de trabalhadores, quantidade e potência de cada equipamento que é movido a diesel, taxa de produção média, concentração de gases contaminantes e demais elementos que sejam específicos ao túnel, mina ou galeria.

Além disso, é importante elaborar e implantar um projeto de ventilação que contenha um fluxograma atualizado com frequência. O ideal é que ele indique a localização da mina, a pressão e a vazão dos ventiladores principais de cada circuito, o sentido e a direção do fluxo do ar e a localização de todas as portas, tapumes e demais dispositivos utilizados para controlar esse fluxo.

Quais são os modelos de ventiladores existentes?

Existem alguns modelos desses equipamentos que são os mais utilizados em obras subterrâneas. Conheça os principais na sequência.

Ventilador centrífugo

De modo geral, é utilizado como exaustor principal em uma obra subterrânea. O funcionamento desse tipo de ventilador é similar a uma bomba de ar e ele tem pás, as quais podem ser para trás, radiais ou para frente. Os modelos que contam com pás para trás são muito silenciosos quando usados adequadamente e apresentam autolimitação da potência e uma elevada eficiência.

Aqueles que têm as radiais são usados em trabalhos mais pesados, uma vez que são mais pesados e barulhentos. Já os com as pás para frente costumam apresentar problemas de corrosão com maior facilidade, mas ainda são os mais eficientes, pois apresentam uma elevada capacidade de exaustão, mesmo quando a velocidade é baixa.

Ventilador axial

Pode ser usado como exaustor principal, entretanto é geralmente utilizado em redes de duto. Nesse modelo, a corrente de ar se estabelece axialmente. O ventilador tem hélices em perfil com elevada eficiência e são projetados para operar com ar limpo, vapores ou gases. Suporta temperaturas extremas, tanto negativas quanto positivas.

Quais são os benefícios do tubo de ventilação?

O tubo de ventilação pode ser reforçado com PVC ou lona feita desse material em diversos tamanhos e comprimentos. Apresenta formatos variados, como:

  • padrão;
  • bifurcação do tipo “Y”;
  • derivações à direita ou à esquerda;
  • ovalado;
  • geminado, entre outros.

Além disso, possibilita a conexão de vários módulos e diversos acessórios, como alças de sustentação. O tubo de ventilação é leve, de fácil manuseio e transporte, garante total impermeabilidade e elevada resistência.

A instalação é fácil e versátil, podendo ser tanto na horizontal como na vertical. Pode ser utilizado para pressão negativa ou positiva e oferece possibilidade de reparo e manutenção em campo de forma rápida e simples.

Somado a todos esses benefícios, em obras subterrâneas, o tubo de ventilação proporciona controle da qualidade e da quantidade de ar que circula durante o expediente justamente porque a ausência de algum desses aspectos ocasiona danos severos à saúde e pode resultar em explosões. Sendo assim, proporciona maior segurança aos trabalhadores e eleva o bem-estar durante as obras.

Viu como o tubo de ventilação é essencial em obras subterrâneas? Quer utilizar essa e outras soluções para melhorar as condições de trabalho dos profissionais, assim como a segurança? Então, entre em contato com a Sansuy e conheça Vinivento.

Novidades

Cadastre-se na nossa newsletter
e receba notícias em seu e-mail

Selecione o assunto do seu interesse

    Materiais Gratuitos