Cadastre-se e receba novidades  
Selecione o assunto de seu interesse:
Enviando sua inscrição  
Loading...
Piscicultura

Tanque para alevinos: quais os mais indicados para a criação deles?

tanque para alevino
ebook-aquiculturaPowered by Rock Convert

A escolha do melhor tanque para peixes faz parte dos cuidados básicos para o sucesso na criação de alevinos. Nessa fase tão delicada, eles precisam de alimentação balanceada e ambientes que ofereçam o conforto necessário para chegar à fase adulta com bastante saúde, com água de qualidade, boa oxigenação e proteção contra predadores.

Quem deseja iniciar nesse ramo também deve se atentar às legislações aplicáveis à piscicultura, pois se trata de um empreendimento que consome recursos naturais e interfere diretamente no habitat de outros seres vivos.

Continue a leitura e saiba como escolher o tanque para alevinos da forma correta!

Conheça os principais tipos de tanques para alevinos

Os tanques de pequeno porte são os mais indicados para a criação de alevinos, pois espaços menores facilitam a visualização dos animais e o manejo do cultivo. A instalação de redes ou divisórias em espaços maiores é uma alternativa que também traz bons resultados.

Veja, a seguir, os tipos de tanques disponíveis no mercado.

Tanques escavados

Os tanques escavados são o método mais tradicional usado na piscicultura, devido à sua facilidade de instalação e o relativo baixo custo. Eles são construídos em terrenos naturais e revestidos de algum material, como concreto ou alvenaria, o que confere mais qualidade à estrutura.

A instalação desses tanques deve ser precedida de um bom planejamento, uma vez que as características do terreno são decisivas para o sucesso do projeto. Além disso, é preciso tomar alguns cuidados quanto ao seu saneamento, já que a água e o solo podem ser vetores de doenças e conter organismos nocivos à sobrevivência dos peixes.

Uma forma de evitar esse problema é impermeabilizando os tanques com uma geomembrana específica para a criação de organismos aquáticos. Por ser impermeável, ela protege os peixes do contato direto com o solo e previne as perdas de água por infiltração. Além disso, o material tem propriedades que contribuem para o bem-estar animal na piscicultura.

Tanques suspensos

Os tanques suspensos são aqueles que não necessitam de escavação, pois são instalados acima do nível do solo. Embora apresente um investimento inicial mais elevado, eles garantem uma maior produtividade ao viabilizarem a criação de mais animais em confinamento que os outros tipos de tanques.

Outra grande vantagem dessa opção diz respeito à praticidade do manejo, uma vez que os tanques elevados facilitam a higienização, a despesca e o controle de entrada e saída de água dos tanques. Essas características contribuem para a saúde dos alevinos e para a lucratividade do negócio a médio e longo prazo.

Por serem pré-fabricados, os tanques suspensos são mais simples de instalar e não exigem tantos cuidados quanto ao preparo do terreno. Já a mão de obra empregada no cultivo precisa de conhecimento técnico especializado, principalmente quando são usados equipamentos mais complexos, como bombas e aeradores para piscicultura.

Tanques-rede

Os tanques-rede são estruturas semelhantes a gaiolas equipadas com flutuadores e telas, que permitem a livre circulação de água no seu interior. Esse é um dos sistemas mais práticos para a criação de alevinos, uma vez que ele dispensa grandes investimentos iniciais e pode ser instalado em áreas que já se encontram alagadas.

ebook-pisciculturaPowered by Rock Convert
ebook hidroponiaPowered by Rock Convert

O alto fluxo de água promove a manutenção dos ambientes de confinamento, com a diluição e o escoamento natural dos dejetos dos animais. Por outro lado, isso dificulta o controle de doenças e parasitas trazidos pelo meio externo, além de favorecer a contaminação dos ecossistemas onde os tanques estão instalados.

Os produtores que optarem por tanques-rede também precisam ficar atentos às legislações vigentes para esse tipo de projeto. Antes de iniciar a instalação, os interessados devem regularizar o projeto obtendo a licença ambiental e a autorização para o uso da água. Esse é um cuidado importante para evitar punições que possam prejudicar o empreendimento.

Saiba como escolher o melhor sistema para a criação de alevinos

Cada tanque para piscicultura tem um conjunto de características que pode ou não se adaptar às necessidades do seu empreendimento. Por isso, você deve conhecer as vantagens e as desvantagens de cada sistema antes de tomar a sua decisão.

A seguir, daremos algumas dicas do que considerar nesse momento.

Facilidade de manejo

O correto manejo dos tanques é parte essencial da piscicultura, principalmente em fases mais delicadas como a criação dos alevinos. A falta de cuidados com a salubridade, o pH da água e o controle de doenças, por exemplo, pode causar prejuízos com a mortandade de animais e a diminuição da qualidade do produto.

Os tanques recobertos com PVC oferecem uma enorme vantagem nesse sentido, já que o material é fácil de limpar e ajuda a evitar o contato dos peixes com o ambiente externo. Eles também permitem o total controle de entrada e saída de água, da quantidade de alimento e das condições gerais do ambiente para o desenvolvimento saudável dos alevinos.

Qualidade do tanque

A segurança dos alevinos depende muito da qualidade dos materiais que compõem a estrutura do tanque. Bons produtos são duráveis, resistentes e capazes de suportar o ataque de predadores, além de não conterem substâncias tóxicas que possam prejudicar a saúde dos animais.

Ao adquirir tanques de fornecedores confiáveis, você tem suporte contra defeitos de fábrica e pode contar com assistência técnica especializada caso precise de manutenção. Essa também é uma garantia de que você vai investir em mercadorias fabricadas com as melhores tecnologias do mercado.

Controle da alimentação

Uma alimentação balanceada faz toda a diferença para o desenvolvimento dos peixes, sendo que o sistema correto pode otimizar esse processo. Por serem muitos jovens, os alevinos precisam ser ensinados a comer os alimentos inertes oferecidos a eles em cativeiro.

Para estimular esse hábito, os produtores devem disponibilizar pequenas quantidades de comida várias vezes ao dia, o que demonstra a importância de controlar a quantidade de alimento presente no ambiente de criação. Os tanques suspensos não apenas diminuem as perdas como também melhoram a conversão alimentar dos peixes.

A fertilização dos tanques para alevinos deve ser iniciada antes do povoamento, com alimentos orgânicos e minerais que forneçam todos os nutrientes necessários para chegarem à fase adulta com saúde. Isso resultará em uma carne de qualidade superior, que certamente trará bons lucros ao empreendimento.

Gostou do artigo? Curta agora mesmo a nossa página no Facebook e acompanhe mais dicas incríveis da Sansuy para o sucesso na piscicultura!

Powered by Rock Convert
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *