Voltar para a página inicial

Portos do Brasil: quais fatores motivam o crescimento no setor de transporte aquaviário

Modificado em: maio 31, 2023

Especialmente se você trabalha em algum dos portos do Brasil, percebeu como o setor se desenvolve e impulsiona a economia. Inclusive, a previsão é que, até 2042, a demanda do ramo cresça mais de 40%. Os dados são do Plano Nacional de Logística e Transporte (PNLP).

Não à toa, o país tem mais de 200 portos autorizados espalhados pelos territórios. Os mais conhecidos são o Porto de Santos, Porto Itapoá, Porto do Rio de Janeiro e outros. Eles são os mais populares pela alta movimentação média de carga anual oferecida. 

Sentiu interesse e quer conhecer mais sobre os principais portos do Brasil, a importância deles para a economia e por que eles se desenvolvem cada vez mais? Continue a leitura!

Quais são os principais portos do Brasil?

Os principais portos do Brasil são definidos assim pelo tamanho, mercadorias movimentadas e importância para economia. A seguir, saiba mais sobre eles!

Porto de Santos (SP)

Localizado na baixada santista do estado de São Paulo, entre os municípios de Santos, Cubatão e Guarujá. Esse porto, fundado em 1892, é destaque não apenas no Brasil, mas também em toda América Latina, sendo o maior da região. 

A relevância do porto de Santos é explicada pela quantidade de movimentação anual de armazenamento, transporte de passageiro e cargas. As indústrias mais atendidas por ele são de alimentos, químicos, madeira, metalúrgica, bebida, agroindústria, mecânica e transporte.

Ou seja, setores essenciais para a economia do país, levam o porto de Santos a bater recorde de faturamento e movimentação em 2021. Para ser mais exato, naquele ano, cerca de 95 milhões de cargas foram movimentadas

Parte dos motivos para esses números é a localização estratégica do porto de Santos, próxima à capital São Paulo, o maior polo econômico do país. Assim, também é mais fácil diversificar importações e exportações. Consequentemente, esse local recebe um bom investimento tecnológico e na infraestrutura.

Porto do Suape (PE)

Localizado em Pernambuco, mais precisamente entre os municípios do Cabo de Santo Agostinho e Ipojuca. Ele é destaque para produtos industriais e passageiros da região Nordeste, que podem ser transportados para todos os continentes.

Além disso, o Suape tem localização privilegiada na região e se conecta com 7 capitais brasileiras, além de aeroportos nacionais e internacionais. Assim, anualmente, ele é responsável por movimentar mais de 23 milhões de toneladas de carga. As principais movimentações ficam por conta da exportação de açúcar e de peças de aço. 

Porto Itapoá (SC)

No estado de Santa Catarina, o Porto Itapoá também se destaca como um dos principais do país, mesmo iniciando as operações apenas em 2011. E ainda, ele também ganha o título de um dos mais rápidos e eficientes da América Latina. 

A relevância adquirida pelo porto Itapoá é explicada pela localização privilegiada na Baía da Babitonga, região fundamental para operações portuárias. Isso porque ela se conecta e conseguem importar e exportar itens de diversos segmentos.

Isto é, a Baía da Babitonga é responsável por cerca de 60% das movimentações portuárias de Santa Catarina, desde a instalação do porto Itapoá. Naturalmente, o desempenho dessa instalação gera empregos diretos e indiretos.

Porto de Paranaguá (PR)

Outro porto brasileiro de destaque no Brasil, mais precisamente no Paraná, é o Paranaguá, fundado em 1872. Ele consegue se conectar para importar e exportar produtos de diversas locais para além do Paraná. É o caso de estados do Centro-Sul, Sul e Sudeste. 

Os produtos mais transportados por esse porto são os agrícolas, como a produção de trigo, farelo de soja e milho. Mesmo sem tanta diversificação de cargas, o porto de Paranaguá movimento quase 60 milhões de toneladas de cargas em 2021, incluindo importação e exportação. 

Quais fatores impulsionam os resultados nos portos do Brasil?

Como visto, os principais portos do Brasil apresentam altos números de movimentação e faturamento. As principais explicações envolvem a alta exportação de commodities, matérias-primas produzidas em grande escola. Entre elas, água, gás natural, petróleo, carne, milho, soja, algodão, madeira etc.

Por exemplo, o Brasil é considerado um dos maiores exportadores de insumos agrícolas do planeta, com destaque para exportação da soja. Essas matérias-primas são vendidas em alto volume e são essenciais para a indústria. Logo, ajuda a impulsionar os resultados nos portos do Brasil. 

Inclusive, o transporte de commodities e de outros elementos é simplificado ao contar com os portos. Isso porque permite a movimentação de cargas em grandes volumes e pode ter custo menor que outros meios, como o ferroviário. 

Outro fator que influencia os resultados nos portos do Brasil é a taxa de câmbio, o valor de uma moeda em relação a outra. Por exemplo, quando a moeda nacional (o real) se valoriza em relação à estrangeira (como o dólar), a importação de produtos se torna mais lucrativa com produtos do exterior.

Qual é a importância dos portos para a economia brasileira?

Os portos do Brasil geram empregos diretos e indiretos, essenciais para o crescimento econômico do país. É o caso de despachantes, contramestres, perfuradores de petróleo, soldadores e fabricantes estruturais. 

Além dessas, existem muitos outros empregos que podem ser gerados e exigir profissionais altamente qualificados, o que pode gerar salários de até R$ 300 mil por mês. Entre eles, engenheiro naval, analista ou operador de logística portuária, engenheiro portuário etc.

Então, quanto maior o número de movimentações nos portos brasileiros, maior a demanda e empregabilidade no setor. Assim, é preciso que o país invista cada vez mais no desenvolvimento do segmento portuário para que ele concorra com referências internacionais. Inclusive, o Brasil divulgou o plano de investimento em mais de R$ 10 bilhões no setor portuário

Então, conseguiu tirar suas principais dúvidas sobre os portos do Brasil? Como visto, eles realizam um importante papel para a economia brasileira, como a geração de empregos diretos e indiretos. E ainda, diante do plano de maior investimento no setor, os resultados tendem a ser ainda melhores futuramente.

Gostou do nosso post e quer continuar por dentro de novos conteúdos? Nos siga nas redes sociais! Estamos no Facebook, Instagram, YouTube, Twitter e LinkedIn.

Novidades

Cadastre-se na nossa newsletter
e receba notícias em seu e-mail

Selecione o assunto do seu interesse

    vinilona_cinza_20_2_1

    Materiais Gratuitos