Cadastre-se e receba novidades  
Selecione o assunto de seu interesse:
Enviando sua inscrição  
Loading...
Cultura do Plástico

Entenda como o uso de plástico nas embalagens vem revolucionando o setor

plástico nas embalagens

Muitas pessoas demonizam o uso de plástico nas embalagens porque ele leva muitos anos para se decompor e é um dos principais causadores de poluição, principalmente em rios e mares. No entanto, é preciso desmistificar isso. O problema em si não está no uso do plástico, mas sim nas pessoas que não o descartam corretamente.

Quando esse material é eliminado nos locais adequados ou, melhor, é reciclado e reutilizado, ele não causa danos ao meio ambiente. Um exemplo disso é o Japão. Esse é um país que tem larga escala na produção de plástico, porém também é um dos territórios que mais recicla o seu lixo. Além dos cuidados em reutilizar e descartar corretamente, há o incentivo para diminuir a produção de lixo.

Além de não ser a fonte do problema, e sim as pessoas que descartam incorretamente, o uso de plástico nas embalagens têm alguns benefícios em relação a outros materiais. Acompanhe este post e entenda quais são esses diferenciais.

Por que muitas pessoas não gostam do plástico?

Nos últimos anos, muitas pessoas estão colocando o plástico na postura de vilão do meio ambiente e chegam a demonizar o seu uso. Com isso, foram surgindo escovas de dente de bambu, canudos de alumínio e outros produtos para substituir o uso dos diversos tipos de plástico nas embalagens e outros objetos.

Esses verdadeiros ataques a esse material têm a justificativa de que eles poluem o ambiente, danificam a qualidade do solo, matam animais marinhos, como as tartarugas e baleias que engolem plástico, e, acima de tudo, porque levam até mais de 300 anos para se decomporem na natureza. Isso é verdade, porém, não é a fonte do problema.

Diante disso, é preciso se educar e buscar informações corretas para não confundir os vilões da história. Não é o plástico que danific*a e mata rios, mares e o meio ambiente, mas sim o descarte incorreto e o uso excessivo desse produto.

A questão é mais sobre utilizar o plástico nas embalagens com consciência e dar o fim correto (coleta seletiva, reciclagem e reúso) do que colocá-lo na posição de causador da poluição. Sabia que outros materiais considerados como “amigos do ambiente” podem ser até mais prejudiciais que o plástico.

Esse é o caso do vidro, que consome cinco vezes mais energia do que o plástico durante a produção. Além disso, sacolas biodegradáveis que são descartadas incorretamente também poluem.

Quais são as vantagens e diferenciais do plástico nas embalagens?

O uso de plástico nas embalagens e outros produtos, revolucionou a indústria a partir do século. Esse material faz parte da humanidade desde 1907 e desde então vem evoluindo muito. Quando usado e descartado de maneira adequada, ele é um material com muitos benefícios tanto para a indústria quanto para os consumidores.

O primeiro aspecto a ser considerado é o valor. No supermercado, por exemplo, você pode observar que produtos em embalagens de vidro, ou outros materiais têm o preço mais alto. Isso acontece porque o processo produtivo é mais complexo e consomem mais energia. Ao contrário de alguns tipos de plástico, como o polietileno, que são de baixo custo.

Agora, confira outros diferenciais e vantagens do uso de plástico nas embalagens.

Versatilidade

O plástico garante muita liberdade de uso e de designer. Ele pode ser utilizado em variados formatos, cores e peso. Esse é um grande ponto positivo para as empresas, pois elas podem alinhar as suas embalagens à sua marca.

Além disso, eles podem ser utilizados desde a embalagem de alimentos até a produção de peças para equipamentos domésticos e acessórios para carros, e caminhões.

Facilidade de armazenamento

O plástico em caixas organizadoras e em embalagens de alimentos, facilita muito a organização no dia a dia, principalmente em espaços pequenos. Por serem versáteis, podem ser encontrados em diversos tamanhos e formatos, sendo que isso facilita o empilhamento em casa, lojas e nos supermercados, por exemplo.

Resistência e durabilidade

O plástico nas embalagens pode ser utilizado por anos, transportado e até mesmo higienizado sem que cause danos ao material. A sua durabilidade e resistência é um dos principais custo-benefício do plástico, principalmente quando comparado a outros materiais. Os vidros temperados, por exemplo, que são mais resistente, tem o preço bem elevado.

Impermeabilidade

Por ser impermeável, o plástico protege objetivos e alimentos de umidade, oxidação, poeira, água e outros. Essa característica aumenta a vida útil dos seus produtos e principalmente dos seus alimentos. Consequentemente, há menos desperdício de comida e melhor preservação de outros tipos de materiais, como os eletrônicos que não podem molhar ou acumular poeira.

Reciclagem e reúso

Por sua versatilidade, resistência e durabilidade, o plástico de embalagens é um dos mais fáceis para reciclar e de se reutilizar. Por meio da recuperação e utilização de métodos, como o mecânico e o químico, a indústria consegue dar origem a novos produtos, como sacos de lixo, embalagens e peças automotivas.

Inovação

Como dissemos, o plástico vem evoluindo muito desde a sua criação. O uso de novas tecnologias e métodos estão garantindo que esse material seja mais eficiente e, ao mesmo tempo, mais sustentável. Um exemplo disso é o chamado Plástico Verde.

Ele é produzido por meio do etanol que, por sua vez, é proveniente da cana-de-açúcar e já é utilizado pela Nasa, como matéria-prima de impressoras 3D na produção de peças e ferramentas astronáuticas. Além de ser biodegradável, esse tipo de plástico é capaz de absorver moléculas de carbono na atmosfera.

Vinisan da Sansuy: uma evolução no uso de plástico

O Vinisan, da Sansuy, é um filme de PVC que pode ser utilizado para produzir:

  • cortinas hospitalares;
  • telas de proteção;
  • brindes;
  • infláveis (boias e brinquedos);
  • pastas;
  • embalagens;
  • bolsas;
  • etiquetas;
  • capa de chuva;
  • displays.

O Vinisan é uma matéria-prima de alta resistência e impermeabilidade que garante a estabilidade dimensional em sua largura e comprimento, ou seja, você não corre o risco de desperdício e prejuízos com o encolhimento. Além disso, atende às normas e exigências da Anvisa e é flexível, para permitir melhor adaptabilidade aos seus projetos.

O uso do plástico nas embalagens não causa danos ao meio ambiente, mas sim a falta de consciência na sua utilização e do descarte incorreto. No Brasil, ainda faltam políticas que incentivem essas ações, como a economia circular e campanhas para minimizar a produção de lixo. Então, aproveite os benefícios que esse material pode gerar, mas sempre cuidado para que ele não seja descartado incorretamente, ou utilizado em excesso.

Para ficar por dentro de mais notícias, dicas e das nossas atualizações, curta a nossa página no Facebook!