Voltar para a página inicial

Produção intensiva de camarão: veja as principais questões!

Modificado em: maio 31, 2023

Você sabia que a produção intensiva de camarão pode ser até 20 vezes maior que o sistema de criação tradicional? Neste material, reunimos as principais informações sobre esse cultivo. Você vai compreender quais são as diferenças práticas, além dos cuidados e investimentos.

Então, despertamos a sua curiosidade sobre a produção intensiva de camarão? Siga a leitura e conheça!

O que é essencial na produção intensiva de camarão?

A produção intensiva de camarão é uma técnica de cultivo em que os camarões são criados em altas densidades e ambiente controlado, visando a maximizar a produção. Essa técnica é usada em fazendas de camarão, onde as condições de água, alimentação e outros fatores são monitorados para otimizar o crescimento dos camarões.

Na produção intensiva de camarão, são utilizados tanques ou viveiros artificiais para o cultivo. Os tanques são geralmente equipados com sistemas de filtração e aeração, para garantir que os camarões tenham água limpa e oxigenada. Conheça mais sobre os cuidados nos próximos tópicos!

Filtração

O sistema de filtração é usado para remover as partículas em suspensão, como detritos, fezes e restos de alimentos, que podem acumular na água. Existem diferentes tipos de filtros, como os mecânicos, biológicos e químicos, que podem ser usados em conjunto para garantir a melhor qualidade da água.

Aeração

O oxigênio é essencial para a sobrevivência dos camarões, e a aeração é usada para manter o nível de oxigênio dissolvido na água. A aeração pode ser feita por meio de aeradores de superfície, aeradores de fundo ou difusores de ar.

Trocas parciais de água

As trocas parciais de água são necessárias para remover os compostos tóxicos que se acumulam na água, como amônia e nitrito. Esses compostos são produzidos a partir das fezes e dos restos de alimentos dos camarões. A frequência e o volume das trocas de água dependem da densidade dos camarões e da qualidade da água.

Tratamento químico

Os produtos químicos podem ser usados para manter a qualidade da água na criação de camarões, como o cloro para remover as bactérias e os vírus, e o bicarbonato de sódio para controlar o pH da água.

Monitoramento

O monitoramento regular da qualidade da água é essencial para garantir que as condições dela estejam dentro dos parâmetros ideais. Os parâmetros que precisam ser monitorados incluem temperatura, oxigênio dissolvido, pH, amônia, nitrito e nitrato.

Como se dá o investimento para a produção intensiva de camarão?

O investimento necessário para a produção intensiva de camarão pode variar bastante, dependendo da escala do negócio e da localização geográfica. Entre os principais fatores considerados, estão:

  • localização da criação;
  • instalações com a construção dos tanques de cultivo, sistemas de filtração, aeração, alimentação etc.;
  • mão de obra especializada para operar os sistemas e monitorar a qualidade da água;
  • custos de licenciamento e conformidade com as regulamentações;
  • utilização de tecnologia e inovação para melhorar a eficiência e a produtividade da produção intensiva de camarão etc.

Chegando até aqui, a sua pergunta pode ser “os resultados para a produção intensiva de camarão compensam?”. A resposta mais sincera para essa questão é que, quando gerenciado de forma eficiente, esse estilo de produção de camarão pode ser rentável e gerar lucros significativos, já que permite que os produtores cultivem em alta densidade, resultando em uma maior produtividade em comparação com a pesca extrativa.

A sua jornada de conhecimento não precisa acabar aqui! Siga a leitura para o nosso post sobre carcinicultura e conheça os tipos de camarão!

Novidades

Cadastre-se na nossa newsletter
e receba notícias em seu e-mail

Selecione o assunto do seu interesse

    Banner Tanque Circular

    Materiais Gratuitos