Cadastre-se e receba novidades  
Selecione o assunto de seu interesse:
Enviando sua inscrição  
Loading...
Barracas de Feira

Controle de fluxo de caixa: qual a importância e como fazer?

fluxo de caixa

Quando se fala em administração de negócios, há uma ferramenta que não pode faltar na hora de acompanhar a situação financeira das empresas. Estamos nos referindo ao fluxo de caixa. Ele ajuda a controlar todas as entradas e saídas de receita, proporcionando uma visão ampla da realidade da organização.

Ter um bom controle de fluxo de caixa garante ao empresário não apenas saber como está a saúde do negócio, mas também, identificar possíveis problemas que possam gerar perda de recursos. Assim, aumentam as possibilidades de que o quadro seja revertido antes de causar prejuízos e afetar a lucratividade.

Dado o contexto, elaboramos este conteúdo para que você entenda o que é controle de fluxo de caixa, por que ele é tão importante e como realizá-lo com eficiência em sua empresa. Quer saber mais sobre o assunto? Então, acompanhe a leitura do artigo para conferir!

O que é controle de fluxo de caixa?

Como o próprio termo deixa claro, fluxo de caixa é toda a movimentação de dinheiro que ocorre em uma companhia dentro de um determinado período. Uma forma simples de ilustrar isso é pensar em um tanque de água. Se entrar mais água do que a quantidade que sai, significa que o tanque sempre terá o suficiente para se manter cheio. Se ocorre o contrário, as probabilidades de que você fique sem água são maiores.

Ter uma perspectiva clara sobre o fluxo de caixa da empresa é a melhor maneira de gerenciar suas finanças. Com ele, você tem pleno conhecimento sobre o destino do capital que está entrando, isto é, pagamento de contas, impostos, salários de funcionários etc.

Um dos motivos para gerenciar o fluxo de caixa com sabedoria é que ele permite que você saiba como direcionar melhor a receita do negócio. Desse modo, pode guardar reservas para investimentos e situações emergenciais.

Por que o controle de fluxo de caixa é importante?

Acompanhar as receitas e despesas de uma organização é fundamental para o sucesso no mercado em que a empresa atua. Há uma vasta gama de benefícios em fazer um bom controle de fluxo de caixa. Entre eles, podemos citar:

  • maior controle sobre a gestão de contas a pagar e a receber — se todas as contas da empresa são registradas adequadamente, torna-se muito mais fácil controlar os prazos de recebimento e pagamento, o que evita inadimplência, tanto da própria organização quanto de seus clientes;
  • organização — com um bom controle de fluxo de caixa, todas as receitas e despesas são segmentadas conforme a sua origem, e isso amplia e simplifica a visualização de fatores que causam mais impacto no orçamento;
  • projeção de caixa — com base nos cadastros de recebimento e pagamento inclusos no sistema de gestão, você consegue projetar cenários futuros sobre o orçamento com mais precisão.

Como fazer o controle do fluxo de caixa?

Agora que você já sabe o que é fluxo de caixa e por que é tão importante realizá-lo com eficiência, mostraremos algumas práticas úteis para implementá-lo no cotidiano de sua empresa.

Faça uma divisão exata entre entradas e saídas

O primeiro passo é começar a dividir toda as entradas e saídas de capital do negócio. As entradas, de uma maneira geral, representam acréscimo de receita na empresa, sendo representadas pelas vendas de produtos ou serviços. Já as saídas estão relacionadas às obrigações financeiras, isto é, pagamento de fornecedores, funcionários, tributos ao governo etc.

ebook-feirantePowered by Rock Convert

Entender essas diferenças e separar as duas categorias é uma ação determinante para a precisão dos dados financeiros. Portanto, em seu fluxo de caixa, registre todos os compromissos fixados, títulos a vencer e, até mesmo, as despesas que pareçam mais insignificantes.

Seja detalhista

Um fluxo de caixa eficiente é aquele que permite ao empreendedor identificar cada informação inserida em seu sistema de gestão. Ou seja, as informações não devem ser adicionadas de maneira genérica, pois nunca se sabe quando você pode precisar prestar contas ao Fisco, por exemplo, ou descobrir qual despesa está minando os lucros da organização.

Sendo assim, nomeie cada entrada e saída de dinheiro no caixa da companhia, pois isso ajudará a tomar decisões melhores e baseadas em uma lógica financeira. Além disso, qualquer membro da equipe conseguirá entender rapidamente o que está acontecendo com as finanças, o que melhora a comunicação interna e a produtividade do negócio.

Analise os resultados

Agora que você tem o controle do fluxo de caixa em mãos, é o momento de analisar as informações e interpretar os resultados, que serão cruciais para a tomada de decisões de médio a longo prazo. Subtraia as despesas das entradas e você terá o saldo real da empresa. Seja positivo, seja negativo, o fato é que ele servirá para mensurar o desempenho da organização.

Lembrando que um valor negativo nem sempre é sinônimo de prejuízo, já que em um fluxo de caixa diário também devem ser observadas as contas a receber programadas para datas futuras. Um exemplo disso são os parcelamentos.

O que se deve ter em mente é que o fechamento no vermelho, muitas vezes, pode significar gastos superiores aos recebimentos. Se esse for o caso, então, o gestor precisa se preocupar em aumentar a lucratividade, cortando custos ou melhorando as vendas.

Utilize um software de gestão financeira

Por fim, mas não menos importante, para garantir que o controle de fluxo de caixa de sua empresa seja preciso, seguro e ágil, considere investir em uma solução tecnológica. Hoje em dia, a transformação digital é uma realidade para a maioria dos negócios, independentemente de qual seja o nicho de atuação ou porte.

Com um software de gestão financeira, você terá controle absoluto sobre as finanças da companhia, pois todos os dados são informatizados e os processos automatizados, o que também gera produtividade para a empresa. Além disso, as informações são armazenadas em servidores na nuvem, garantindo muito mais segurança aos processos.

Como você pôde conferir, o controle do fluxo de caixa é uma ferramenta inerente a uma gestão financeira responsável e eficiente. É por meio dele que você pode prever cenários futuros e se antecipar a situações adversas, guardando capital para garantir o sucesso do negócio.

As dicas abordadas no artigo foram úteis para você? Ficou com alguma dúvida? Deixe um comentário e conte a sua experiência sobre o assunto para nós!

Powered by Rock Convert